Menu
SADER_FULL
segunda, 22 de abril de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Vacinação contra sarampo e poliomielite termina sexta-feira

30 Ago 2004 - 10h32
Brasília - Os pais ou responsáveis que ainda não levaram suas crianças menores de cinco anos para vacinar contra sarampo e poliomielite têm até sexta-feira (3) para protegê-los. Dados parciais da Secretaria de Vigilância em Saúde confirmam que mais de 11,3 milhões de crianças já foram aos postos de vacinação desde o início da campanha.

O número é considerado um sucesso pelas autoridades de saúde, já que representa 66,98% de cobertura. Em relação ao sarampo, já foram vacinadas 58,8% das crianças, mais de oito milhões. As metas são imunizar 17 milhões de crianças contra a pólio e 13,7 milhões contra o sarampo.

Na semana passada, a secretaria reforçou a necessidade de os pais continuarem vacinando seus filhos, mesmo após a descoberta de que um lote de vacinas tríplice viral (contra sarampo, rubéola e caxumba) teria causado reações alérgicas em 120 crianças. As doses foram substituídas.

Para vacinar as crianças, os pais, mães ou responsáveis devem levar ao posto médico o cartão de vacinação, para atualizar as vacinas que faltam. Mas quem esquecer o cartão também poderá tomar as vacinas.
 
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRÔNICA DA SEMANA
CRÔNICA DA SEMANA: 'Precisamos redescobrir o Brasil', por Luciano Gazola
CRUELDADE
Criança tinha o pênis amarrado com elástico e era torturada pelo pai e a madrasta
MORTE TRÁGICA
Adolescente de 13 anos morre após sofrer queda de bicicleta
ESTAVA FORAGIDO
Homem que matou esposa na Sexta-feira Santa morre em acidente 03 dias depois
FEMINICIDIO
Advogada é assassinada a facadas por marido após discussão
100 LUZ
Giselle Itié lamenta a morte de outro ex-namorado em apenas três meses
CENSURADO
Video com ataques de Olavo a Militares é excluido das Redes de Bolsonaro
DOENÇA DO SÉCULO
Yasmim Gabrielle, do ‘Programa Raul Gil’, se suicida após depressão
FATALIDADE
Bebê morre após ser esquecida pelo pai por três horas dentro do carro
IRRESPONSABILIDADE
Bebê de 1 aninho entra em coma alcoólico após pai dar cachaça com refrigerante