Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 19 de março de 2019
prefeitura VICENTINA Março 2019
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Vacinação contra pólio e sarampo continua esta semana

6 Set 2004 - 07h36
 

Continua até a próxima quinta-feira, dia 9, a Campanha de Vacinação em Campo Grande e também no restante dos municípios de Mato Grosso do Sul. A Campanha foi prorrogada em virtude da meta não ter sido alcançada.

De acordo com o balanço parcial da Secretaria Estadual de Saúde, até semana passada 86,4% das crianças do Estado já haviam sido imunizadas contra poliomelite, o que corresponde a 180.552 crianças. Porém a meta é vacinar 201.804 crianças com até cinco anos de idade, ou seja, 95% do total. Já a tríplice viral foi aplicada em 139,4 mil crianças, número ainda menor.

Em Campo Grande o índice de crianças imunizadas é de 64%. Segundo dados da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), já foram vacinadas na Capital pelo menos 41 mil crianças, de um total de 61. Crianças até cinco anos recebem as gotinhas que protegem contra a paralisia infantil e as maiores de um ano e menores de cinco também serão vacinadas contra o sarampo.

A meta do Ministério da Saúde, dos estados e municípios, é imunizar mais de 17 milhões crianças contra a pólio e 13,7 milhões contra o sarampo.

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSÉDIO SEXUAL
Homem é morto a tiros após assediar mulher casada
FATALIDADE
Mulher morre ao cair de pé de abacate e bater cabeça na linha do trem
MANIACO SEXUAL
Pai flagra estupro da filha dentro de casa usando o celular, suspeito foi preso
FAMOSIDADES
Quem era Bettina antes do R$ 1 Milhão: Ela foi professora de balé, modelo e panfleteira
MENTOR DO MASSACRE
Polícia de Suzano apreende menor suspeito de planejar ataque
INTERNADO
Criança de 4 anos cai em poço de cinco metros de profundidade
RESGATADO
Cão abandonado em ilha estava sendo comido vivo por urubus
SEXTUPLOS
Americana dá à luz seis bebês em nove minutos
TRAGÉDIA EVITADA
Garoto de 11 anos leva faca na mochila para matar colega no ônibus escolar
ALERTA AOS PAIS
Menino de quatro anos corta os pulsos em Goioerê e pode ser influência da Momo