Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 23 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Vacinação contra paralisia infantil atinge 95% em Jateí

28 Ago 2007 - 08h15

A Secretaria de Saúde de Jateí, o município realizou no último sábado (25/08) dia D vacinação contra paralisia infantil, sendo este a segunda etapa da vacinação.

 

A mobilização aconteceu no Centro de Saúde de Jateí sob a coordenação da enfermeira do PSF 01 Urbano Karimi Kavazzani. As vacinas foram distribuídas gratuitamente desde a semana passada em suas unidades. Apenas neste dia foram vacinadas centenas de crianças, alcançando e a meta estimada 95% das 312 crianças do município. “Esta é a segunda etapa da campanha contra poliomielite que mobilizou todo o país, na vacinação obrigatória das crianças menores de cinco anos de idade” diz a enfermeira.

 

De acordo com o secretario Ademar Caetano desde o início da semana passada estão atendendo todas as crianças, inclusive da zona rural sob responsabilidade da enfermeira do PSF Rural Lílian Zanata.

 

As vacinas estão disponibilizadas nos três postos de saúde do município no distrito de Nova Esperança; Assentamento Gleba Nova Esperança; e no Centro de Saúde de Jateí. Os profissionais da saúde alertam quanto a atualização do cartão de vacinação das crianças, alegando que é preciso manter o calendário em dia, para se prevenir de doenças.

 

A meta estimulada pelo Ministério da Saúde é atingir 95% de imunização contra a doença. Esta campanha acontece duas vezes por ano, nos meses de junho e agosto. Na primeira etapa, a equipe da Secretaria Municipal de Saúde conseguiu vacinar 100%, assim ultrapassando o objetivo.

 

O rotavírus, uma das principais doenças que causa diarréia grave na infância, se não tratada pode levar a óbito. A vacinação não é apenas uma campanha, mas sim algo que já se tornou parte do calendário nacional de vacinação, sendo utilizada nas unidades de saúde do país.

 

O objetivo é amenizar o agravamento da doença, pois os sintomas são diarréias constantes, febre e vômito, mas alguns desses são leves, mas quando não tratadas podem se tornar uma infecção grave. O vírus é transmitido através de água e alimentos contaminados ou até mesmos com contato direto com pessoas infectadas.

 

 

 

Fátima News

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho