Menu
SADER_FULL
quinta, 20 de junho de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Usuários trocam arquivos privados pela Internet

5 Ago 2004 - 15h49
Fotos pessoais, documentos financeiros confidenciais e até mesmo segredos militares entraram para a lista dos arquivos que os usuários de computadores podem baixar em suas excursões pela Internet. Milhões de novos usuários estão procurando por arquivos de mídia usando programas de troca de arquivos, como o Kazaa, que permitem que os usuários compartilhem - em geral, ilegalmente - toda espécie de arquivos armazenados nas pastas de acesso de seus computadores.

Isso faz com que mais e mais pessoas procurem por arquivos privados e confidenciais, por simples diversão ou - cada vez mais - com propósitos muito mais sinistros, dizem os responsáveis por sites que postam documentos e fotos desse tipo. "Uma maneira pela qual arquivos vêm sendo colocados em circulação envolve pessoas que levam trabalho do escritório para casa e o arquivam em seus computadores domésticos nos quais um programa de troca de arquivos está instalado", disse Rick Wallace, que no mês passado lançou o site SeeWhatYouShare. "No escritório, o computador fica protegido por um firewall que defende a rede, mas muita gente não dispõe desse tipo de proteção em casa, o que pode gerar lapsos sérios de segurança", afirma.

A segurança de arquivos e redes se tornou uma questão quente. À medida que mais e mais usuários inexperientes saem em busca de clipes musicais, filmes, programas de televisão, pornografia e programas de computador, o número de computadores com suas portas digitais abertas a invasões aumenta constantemente. O site BigChampagne, que monitora as trocas de arquivos online, estima que 8,3 milhões de pessoas usaram redes de trocas de arquivos em junho, abaixo do pico de 9,3 milhões de usuários registrado em abril.

Não é preciso ser hacker para conquistar acesso a arquivos privados dos usuários de milhares de programas, como o LimeWire ou o BearShare. A maioria dos firewalls domésticos, que impedem invasão de computadores por pessoas mal intencionadas, não impede o acesso a arquivos que foram selecionados para troca.

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIOLENCIA DOMESTICA
Jovem que agrediu a própria mãe por não poder ir a baile funk é presa
ATAQUE CANINO
Criança de dois anos é morta no quintal de casa por cachorro rottweiler
INFANTICIDIO
Padrasto teria sentado em cima da cabeça de bebê que morreu,foi espancado na cadeia
SOB INVESTIGAÇÃO
Jornalista do site Lei Seca Maricá foi assassinado com 3 tiros
VIDA SEDENTARIA
OMS alerta: Criança menor de 3 anos não deve ficar nem um minuto em tablet ou celular
HOMICIDIO X SUICIDIO
Pai que matou o filho de 4 anos e se matou não se conformava com namoro da ex-mulher
DOENÇA DO SÉCULO
Jovem de 19 anos, com depressão comete suicídio e comove amigos
ASSASSINATO CRUEL
O massacre do menino Rhuan e o silêncio da grande mídia
FAMOSIDADES
Homem discute com mulher e mata bebê de quatro meses
SOLIDARIEDADE
Bebê nasce sem os olhos e mobiliza cidade do Paraná