Menu
SADER_FULL
segunda, 21 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Usina do Estado participa do 1º leilão de energia alternativa

18 Jun 2007 - 10h00
A usina do grupo Louis Dreyfus Commodities Bioenergia S/A, instalada em Rio Brilhante, está entre as 19 centrais geradoras termelétricas (UTEs) que participam do primeiro leilão de energia de fontes alternativas do Brasil. O certame está marcado para hoje (18), às 10 horas, via internet. Também participam do arremate outras 17 pequenas centrais hidrelétricas (PCHs), totalizado 495,83 megawatts de energia para contratação.
 
Para a secretária Estado de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo (Seprotur), Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias, a participação da usina localizada em Rio Brilhante no primeiro certame direcionado aos empreendimentos de fontes alternativas, abre um novo capitulo ao desenvolvimento do Estado.
 
“É o início de um novo negócio para o Mato Grosso do Sul e mostra que no futuro, quando as novas usinas começarem operar seus sistemas de cogeração, passaremos de importadores para exportadores de energia”, comemora.
 
Segundo a Comissão Especial de Licitação da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), independentemente da data de outorga, o leilão deve negociar contratos de suprimento de energia com entrega a partir de 2010. Essa energia irá suprir parte da carga necessária ao abastecimento do mercado consumidor das concessionárias de distribuição.
 
De acordo com a estimativa da Seprotur, a unidade Louis Dreyfus Rio Brilhante, fase 1 e 2, pode atender a demanda energética de Rio Brilhante e Nova Alvorada, além de auxiliar o abastecimento de Dourados, com geração de 88 megawatts. Com a efetiva implantação das 31 usinas que possuem projetos de cogeração, o Estado terá capacidade de produzir mil megawatts até 2011.  
 
Cogeração de energia
 
O sistema que permitiu que a usina de álcool do grupo Louis Dreyfus participasse deste leilão é a cogeração de energia, produção simultânea e de forma seqüenciada, de duas ou mais formas de energia a partir de um único combustível. O processo mais comum é a produção de eletricidade e energia térmica (calor ou frio) a partir do uso de gás natural e/ou de biomassa, entre outros. No caso, a unidade utiliza o bagaço da cana com matéria-prima.
 
 
Notícias.MS

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos