Menu
SADER_FULL
terça, 20 de agosto de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Usar colírio com outros medicamentos pode ser perigoso

22 Set 2010 - 15h57Por ABN News

Com o tempo seco, combinações perigosas de colírios e medicamentos atingem 20% dos pacientes atendidos pelo Instituto Penido Burnier.

É o que mostra um levantamento feito nos prontuários do hospital pelo oftalmologista, Leôncio Queiroz Neto.

“Esta é a média dos 12 mil atendimentos realizados nos últimos 3 meses. Comparado ao período de janeiro a março, o clima frio dobra o número de interações medicamentosas”, afirma.

Os grupos de maior risco são os idosos que fazem tratamentos para doenças crônicas e mulheres que tomam contraceptivos ou fazem TRH (Terapia de Reposição Hormonal).

O especialista diz que a inocente mistura de aspirina com colírio para combater a irritação ocular, tão comum nesta época do ano, pode causar uma hemorragia.

Não é comum, ressalta, mas hipertensos, cardiopatas, asmáticos e até fumantes que têm as artérias obstruídas pelos componentes do cigarro devem manter atenção redobrada com esta interação medicamentosa.

Isso porque, a aspirina é um antiagregante plaquetário que interfere na coagulação.

Já o colírio mais usado para deixar os olhos branquinhos é o vasoconstritor que ao diminuir o calibre dos vasos pode causar, em longo prazo, elevação da pressão arterial, alterações cardíacas e catarata.

Como a maioria das pessoas não pressiona o canal lacrimal durante a instilação, os princípios ativos interagem, potencializando o risco de hemorragia.

A recomendação do médico é usar lágrima artificial ou compressa de água fria para reduzir o desconforto da irritação ocular provocada pelo frio.

Se o sintoma não desaparecer em dois dias a recomendação é consultar um oftalmologista.

Para Queiroz Neto o problema no Brasil é a venda livre da maioria dos medicamentos.

“Os efeitos dos medicamentos associados diferem de quando são tomados isoladamente. Por isso, quem vai ao médico deve informar todos os medicamentos que está usando para proteger a própria saúde”, alerta.

Os principais efeitos da interação de colírios com outros medicamentos são:

Combinação potencializadora dos medicamentos

Colírio anti-histamínico + calmante

Combinações que inibem o efeito de colírios

Lágrima artificial + anti-histamínico ou contraceptivo

Colírio antiglaucomatoso + descongestionante ou inibidor de apetite

Lágrima artificial + Amiodarona (antiarrítmico)

Combinações desastrosas

Colírio Beta-bloqueador + broncoldilatador = falta de ar

Colírio antiglaucomatoso + corticóide = risco de progressão do glaucoma

Colírio anti-inflamatório + anticoagulante= hemorragia

Colírio vasoconstritor + anti-hipertensivo = hipertensão

Colírio Vasoconstritor + Amiodarona ou antiespasmódico = taquicardia

Colírio antibiótico + contraceptivo = corta o efeito da pílula

Como a maioria das pessoas toma medicações sem prescrição médica, ler a bula atentamente antes de fazer associações que possam provocar reações adversas é fundamental.

Quando se trata de colírio, Queiroz Neto diz que a simples oclusão do canal lacrimal com o polegar evita interações medicamentosas de risco.

Os passos para o uso correto de colírios são:

Lave as mãos antes da aplicação.

Verifique no frasco se é recomendado agitar o produto antes de usar

Incline a cabeça para trás.

Flexione a pálpebra inferior com o indicador.

Com a outra mão segure o dosador

Coloque o medicamento sem relar no bico dosado, evitando a contaminação.

Feche os olhos por 3 minutos para garantir o efeito

Pressione com o polegar o canto interno do olho para reduzir efeitos colaterais

Se usar lentes de contato retire-as antes da aplicação

Recoloque as lentes de contato depois de 10 minutos da aplicação

V Em caso de prescrição de mais de um colírio aguarde 15 minutos entre um e outro

V Só aplicar medicação dentro do prazo de validade estipulado na embalagem

Deixe seu Comentário

Leia Também

100 VERBAS
Emissão de CPF e restituição do IR podem ser suspensas pela Receita
100 PENA
'Não tem que ter pena', diz Jair Bolsonaro sobre uso de atirador de elite após sequestro de ônibus
ACIDENTE TRÁGICO
Morte de três profissionais em acidente comove a cidade
100 TETO
Na busca por emprego, homem 'mora' em abrigo de papelão
PÂNICO NO ÔNIBUS
Atirador de Elite mata homem que fez reféns em ônibus
AGORA DEU MEDO
Velório é interrompido após morto 'apertar' mão da esposa
TRAGEDIA NA RODOVIA
Três pessoas morrem em acidente envolvendo carro e caminhão na BR-277
FATALIDADE
Jovem mulher morre ao levar choque usando o secador de cabelos
ABSURDO - BRASIL
Mulher mata o marido a facadas e leva pênis para a amante dentro de um copo
MORTE E COMOÇÃO
Jovem caminhoneira morre em acidente e comove colegas de toda a região