Menu
LIMIT ACADEMIA
quinta, 22 de agosto de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Urnas brasileiras são utilizadas nas eleições do Equador

16 Out 2004 - 09h02
O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Sepúlveda Pertence, participa amanhã (18), em Quito, no Equador, das eleições municipais. Durante todo o dia, 62.781 eleitores (cerca de 3% do eleitorado) das cidades de Quito, Guaiaquil, Otavalo, Portoviejo e Cuenca utilizarão 700 urnas eletrônicas brasileiras para escolher prefeitos, alcaides e conselheiros provinciais e municipais.

Essa é a quarta vez que o sistema de votação eletrônica do Brasil será testado em outro país do continente americano. A primeira foi em novembro de 2001, quando o TSE cedeu 170 urnas para as eleições municipais do Paraguai. Em abril de 2003, 46% dos eleitores paraguaios voltaram a utilizar os equipamentos para eleger deputados, senadores, governadores e o atual presidente da República, Nicanor Frutos. Nessa eleição, o TSE emprestou ao Tribunal Superior de Justiça Eleitoral do Paraguai seis mil urnas, das quais 3.811 foram efetivamente usadas em 32 cidades paraguaias. Do total, apenas nove falharam.

Depois do Paraguai, o TSE participou, em julho de 2003, de um projeto piloto de demonstração para autoridades e eleitores da Cidade do México. No teste mexicano, foram utilizadas150 urnas eletrônicas.

Em setembro do ano passado, a tecnologia brasileira também foi usada com sucesso na Argentina, nas eleições para governador das províncias de Buenos Aires e La Plata. Quinhentos e quarenta equipamentos atenderam 508 seções eleitorais dessas duas cidades.

A exemplo do Paraguai, as urnas eletrônicas foram cedidas ao Tribunal Supremo Eleitoral do Equador por meio de convênio assinado com a Organização dos Estados Americanos (OEA), entidade que se encarrega das despesas com técnicos do TSE e do transporte seguro dos equipamentos.

As informações são do TSE.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FATALIDADE
Menina de 7 anos é atacada por pitbull e morre na casa dos avós
CRIMINOSO FORAGIDO
Ataque com machadinha deixa alunos e professora feridos em escola
POLEMICA II
Após polêmica, deputado diz que não existe PL de poliamor ou casamento entre mães e filhos
CONFISSÃO
Filhos investigam e descobrem que pai matou a mãe há 37 anos
MAL SUBITO
Policial militar tem mal súbito e morre no mesmo dia que descobriu que seria pai
NOVELA GLOBAL
Régis oferece vender loja para dar dinheiro a Maria da Paz em 'A dona do pedaço'
POLÊMICA
Vale Tudo: projeto libera casamento entre mães e filhos e revolta MS
100 VERBAS
Emissão de CPF e restituição do IR podem ser suspensas pela Receita
100 PENA
'Não tem que ter pena', diz Jair Bolsonaro sobre uso de atirador de elite após sequestro de ônibus
ACIDENTE TRÁGICO
Morte de três profissionais em acidente comove a cidade