Menu
LIMIT ACADEMIA
domingo, 17 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Uragano: entidades pedem cassação dos políticos indiciados

9 Nov 2010 - 14h50Por Mídia Max

O CRDP (Comitê Regional de Defesa Popular) vai protocolizar às 16h na Câmara Municipal de Dourados o pedido de cassação de 11 dos doze vereadores que foram indiciados pela Policia Federal pelo envolvimento em crimes desvendados pela Operação Uragano.

O documento elaborado pelo Comitê Popular conta com a assinatura de dirigentes de mais de quarenta sindicatos e associações comunitárias e de cidadãos que apóiam o movimento popular em defesa da ética na política que propõe a cassação dos vereadores.

O coordenador do Comitê, Ronaldo Ferreira afirmou que o pedido de cassação baseia-se nas denuncias que já estão no Ministério Público e referente as investigações feitas pela Operação Uragano que mandou para a cadeia o prefeito Ari Artuzi, o vice Carlinhos Cantor, nove dos onze vereadores, secretários municipais e empresários.

Ronaldo afirmou o Comitê vai enviar uma cópia do documento que pede a cassação dos vereadores para os partidos políticos a quem pertencem os parlamentares para que eles se posicionem sobre as denuncias de corrupção.

O pedido de cassação salva apenas a vereadora Délia Razuk (PMDB) que atualmente ocupa interinamente a Prefeitura e que não foi indiciada pela Operação Uragano.

Dos onze vereadores indiciados apenas Dirceu Longhi (PT) e Gino Ferreira (DEM) não foram presos. Além de Gino e Dirceu será pedida a cassação por quebra do decoro parlamentar os vereadores Aurélio Bonato (PDT), Zezinho da Farmácia (PSDB), Tio Julio Artuzi (PRB), José Carlos Cimatti (PSB), Humberto Teixeira Junior (PDT), Edvaldo Moreira (PDT), Marcelo Hall (PR), Marcelo Barros (DEM), Paulo Henrique Bambu (DEM) e Sidlei Alves (DEM).

Deixe seu Comentário

Leia Também

OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Lutador de MMA mata ex de 16 anos, tenta suicídio e morre horas depois em hospital
VIOLENCIA NO RIO
Menina de 11 anos é baleada e morta em Triagem; moradores protestam
DOENÇA GRAVE
Leiliane ganha acompanhamento médico após desastre com Boechat