Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 19 de junho de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Unidades penais recebem sistema de telefonia mais econômico

2 Ago 2010 - 17h38Por MS Notícias

A Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) está ampliando a implantação do sistema de telefonia PABX Virtual Net em suas unidades penais. O sistema traz mais agilidade e praticidade às ligações, e também ajuda na redução dos custos com telefonia, gerando economia.

De acordo com a Divisão de Patrimônio da Agepen, o PABX Virtual Net já está em funcionamento em unidades de Campo Grande, Corumbá, Naviraí, Três Lagoas e Dourados, além do Patronato Penitenciário de Ponta Porã.  

Agora, para efetuar as ligações feitas entre as unidades onde o sistema já foi implantado é necessário discar apenas os quatro últimos dígitos. Utilizando este sistema, no caso de interurbanos, a ligação terá um custo cerca de 10% menor do que a de um interurbano comum. Entre as unidades da mesma cidade, o custo é zero.

Os telefones e endereços de unidades penais, patronatos penitenciários, Escola Penitenciária e da sede da Agepen estão disponíveis no portal da agência penitenciária na internet: www.agepen.ms.gov.br .

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIDA SEDENTARIA
OMS alerta: Criança menor de 3 anos não deve ficar nem um minuto em tablet ou celular
HOMICIDIO X SUICIDIO
Pai que matou o filho de 4 anos e se matou não se conformava com namoro da ex-mulher
DOENÇA DO SÉCULO
Jovem de 19 anos, com depressão comete suicídio e comove amigos
ASSASSINATO CRUEL
O massacre do menino Rhuan e o silêncio da grande mídia
FAMOSIDADES
Homem discute com mulher e mata bebê de quatro meses
SOLIDARIEDADE
Bebê nasce sem os olhos e mobiliza cidade do Paraná
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai mata filho de quatro anos e se mata por não aceitar fim do relacionamento
ASSASSINATO
Marido da deputada é morto a tiros
MULHER DO PRESIDENTE
Esposa de Jair Bolsonaro cai na internet, fotos íntimas são exibidas e todos ficam sem acreditar
DOURADOS - MANIFESTAÇÕES
Dono da Havan manda 'recado' a manifestantes após protesto em frente a loja de Dourados