Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 26 de março de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Um terço das crianças no mundo são obesas, diz especialistas

16 Ago 2004 - 15h01
Cerca de 35 por cento da população infantil do mundo tem "problemas de obesidade" e isto representa uma questão de saúde pública que deve ser resolvida, afirmaram nessa segunda-feira em Cancún autoridades do XIV Congresso Internacional de Pediatria.

O vice-presidente do comitê organizador do encontro aberto hoje, o mexicano José Nicolás Reyes, afirmou que o aumento da obesidade infantil é um "problema" que deve ser atendido "com mecanismos de alimentação adequada".

O especialista, que participa do congresso que reúne milhares de pediatras de 150 países neste pólo turístico do Caribe mexicano, não especificou o número de crianças afetadas por problemas de obesidade entre os mais de dois bilhões de crianças e adolescentes no mundo, segundo números da Unicef.

Reyes destacou a importância de que os menores tenham um desenvolvimento equilibrado e harmônico.

O congresso internacional oferece uma série de oficinas para os médicos, onde poderão trocar experiências clínicas, programas alimentícios e contribuições de pesquisadores sobre novos problemas que estão se refletindo atualmente entre as crianças.

"Hoje falamos de doenças como a bulimia, anorexia e outras novas que obrigam as crianças a ter um desenvolvimento pouco saudável", comentou Reyes.

Ele destacou que "o problema de obesidade das crianças" está "em mecanismos de alimentação originados fundamentalmente de hábitos alimentícios e de cuidados dos pais na nutrição de seus filhos".

Reyes disse que "os números de crescimento da obesidade" infantil são de "até 4 por cento" em relação ao ano passado, "o que também obriga a observar este fenômeno como um problema de saúde pública".

Este congresso internacional também discutirá informações sobre os maus-tratos a menores, a gravidez de adolescentes, a bulimia, a anorexia e o suicídio infantil.

O encontro que termina na próxima sexta-feira conta com a participação de especialistas da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), da Organização para a Agricultura e a Alimentação (FAO) e da Organização Mundial da Saúde (OMS), que debatem assuntos referentes a programas para as crianças dos cinco continentes.

Terra

Deixe seu Comentário

Leia Também

ATENÇÃO PAIS
​​Boneca Momo: maneiras de evitar o contato com as crianças
FAMOSIDADES
Faustão dispara contra Bolsonaro: 'Não tem competência'
ALERTA AOS PAIS
Adolescente é apreendido após ameaça de ataque em escola
CRIME ENCOMENDADO
VÍDEO: Câmera de segurança registra execução de revendedor de veículos
ACIDENTE FATAL
Rapaz morre em acidente de moto no dia do seu aniversário
ALERTA
Jovem morre afogado após pular de ponte durante brincadeira com amigos
SATÂNICO
Garoto de 11 anos se mata após conversar com a mãe sobre a Momo
FATIMA DO SUL - JULIFRAN
Julifran Restaurante promete chopp grátis a cada gol de Borja sobre Novorizontino
BONITO - MS - AGÊNCIA BONITO ECO TOUR
Faça o que lhe faz bem! Viaje para Bonito MS!
CIUMES
Marido vê foto de outro no celular e agride mulher na cabeça e a joga para fora do carro