Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 17 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Um quarto dos deputados é pré-candidato a prefeito em 2008

27 Ago 2007 - 10h37
 

Um levantamento divulgado nesta segunda-feira (dia 27) pelo portal Congresso em Foco, revela que no que depender do apetite eleitoral dos deputados federais, a Câmara terá uma nova cara a partir de janeiro de 2009.

Um em cada quatro dos 513 deputados pretende disputar as eleições do ano que vem. A 13 meses da disputa, 133 parlamentares são pré-candidatos a prefeito.

Em reportagem assinada pelo jornalista Lucas Ferraz, o Congresso em Foco diz que as urnas devem atrair sobretudo os governistas. Só no PT, praticamente um terço dos 81 deputados está de olho em alguma prefeitura. No PCdoB, o gabinete municipal é cobiçado por dez de seus 13 representantes na Câmara. Ao todo, 40 parlamentares que fazem oposição ao governo Lula acenam com pré-candidaturas.

Das bancadas estaduais, a do Amapá é a que tem o maior número proporcional de pré-candidatos: cinco dos oitos representantes do estado. Em números absolutos, porém, essa marca fica com as representações da Bahia, com 16 pré-candidatos, seguidas pelas bancadas do Rio de Janeiro, com 15 pré-candidatos e de São Paulo, com 14.

O levantamento feito pelo Congresso em Foco nas lideranças partidárias e nos gabinetes dos próprios parlamentares revela uma disputa que irá se afunilar nos próximos meses. É bem provável, contudo, que o número efetivo de candidatos seja menor – inclusive com outros personagens. É que muitos partidos têm dois deputados interessados em governar as mesmas cidades, principalmente as capitais, que devem ter o maior número de parlamentares candidatos.

Em São Paulo, por exemplo, há cinco pré-candidatos deputados, todas da base aliada – Arlindo Chinaglia (PT), Aldo Rebelo (PCdoB), Paulinho Pereira (PDT), Luiza Erundina (PSB) e Celso Russomanno (PP).

No Rio e em Salvador, dois deputados do DEM brigam pela indicação do partido. Os pré-candidatos têm até 31 de setembro para trocar de legenda e concorrer nas próximas eleições. Na última eleição municipal, em 2004, 87 deputados federais disputaram o cargo de prefeito ou vice.

Desses, no entanto, apenas 19 (21,8%) tiveram sucesso nas urnas. As eleições de 2008, como se vê, serão uma prova de fogo para as atuais alianças partidárias. Em sua estréia nas urnas, o DEM (ex-PFL) articula hoje a pré-candidatura de 15 dos seus 60 deputados. Com duas cadeiras a menos na Casa do que seus colegas oposicionistas, os tucanos têm hoje 16 pré-candidatos na Câmara.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS
DECEPCIONADA
Regina Duarte surpreende e se posiciona contra atitude de Bolsonaro
SATÂNICO
Mulheres são presas acusadas de torturar criança de apenas dois anos que teve rosto desfigurado
INSPIRAÇÃO
Idoso se forma em Direito aos 94 anos, após morte da esposa
POLEMICA
Movimento Gay quer tirar Bíblia de circulação no Brasil, diz Damares
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem atira em esposa e se mata com granada
SUPERAÇÃO
Pedreiro cadeirante enfrenta difilculdades e sustenta a família trabalhando em obras
GASES MORTAIS
Homem morre após segurar peidos na casa da namorada
REALITY SHOW
'BBB 19': Danrley diz ser virgem, e irmã brinca: 'Nem no signo'