Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 19 de março de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

UFMS reajusta valor de inscrição e deve lucrar R$ 1 milhão

9 Set 2004 - 17h54

Pelo menos R$ 1 milhão deverá ser destinado aos cofres da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) com o próximo Vestibular de Verão, depois de pagas todas as despesas com mão-de-obra e funcionários mobilizados para a seleção. O valor citado é relativo às taxas de inscrição, no valor de R$ 90 cada, que serão pagas pelos mais de 20 mil candidatos que deverão disputar 2.540 vagas nos dias 8 e 9 de dezembro, quando serão realizadas as provas.

Para este ano a expectativa é ultrapassar o número de candidatos inscritos no último concurso, quando 22.788 taxas de inscrição foram pagas. “Esperamos a inscrição de 26 a 30 mil candidatos”, adiantou o chefe da coordenadoria de desenvolvimento e ensino, Jackson Martins Fedorowicz. Se o número de concorrentes este ano for pelo menos igual ao ano anterior, o Vestibular de Verão da UFMS arrecadará um montante na ordem de R$ 2 milhões.

O alto valor da inscrição é atribuído, segundo o pró-Reitor de Ensino e Graduação da UFMS, César Benevides, aos custos operacionais da seleção, que chegam a R$ 700 mil. Subtraindo as despesas alegadas e ainda as taxas de isenções, que no último vestibular estiveram na ordem de três mil entre integrais e proporcionais, segundo Martins, sobraria ainda R$ 1,165 milhão de lucro, definido pela instituição como “diferença favorável para melhoramentos das condições de aplicação do próprio vestibular”.

Para a próxima seleção, as taxas de inscrição subiram 16,7% e foram abertas nesta quinta-feira. A justificativa é que a taxa não subia desde 2001, porém muitos estudantes reclamam do preço salgado, como é o caso da secretária Andréia Benites que pretende concorrer a uma vaga no curso de enfermagem. “O valor compromete em muito meu orçamento. Não sei como vou fazer”. Martins alega que as despesas são altas, “já que duas pessoas corrigem as provas e a redação, é alto o número de seguranças e o material é traduzido para o braile”, cita como exemplos dos gastos.

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSÉDIO SEXUAL
Homem é morto a tiros após assediar mulher casada
FATALIDADE
Mulher morre ao cair de pé de abacate e bater cabeça na linha do trem
MANIACO SEXUAL
Pai flagra estupro da filha dentro de casa usando o celular, suspeito foi preso
FAMOSIDADES
Quem era Bettina antes do R$ 1 Milhão: Ela foi professora de balé, modelo e panfleteira
MENTOR DO MASSACRE
Polícia de Suzano apreende menor suspeito de planejar ataque
INTERNADO
Criança de 4 anos cai em poço de cinco metros de profundidade
RESGATADO
Cão abandonado em ilha estava sendo comido vivo por urubus
SEXTUPLOS
Americana dá à luz seis bebês em nove minutos
TRAGÉDIA EVITADA
Garoto de 11 anos leva faca na mochila para matar colega no ônibus escolar
ALERTA AOS PAIS
Menino de quatro anos corta os pulsos em Goioerê e pode ser influência da Momo