Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 21 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

UFGD divulga edital para seleção de candidatos ao Mestrado em Educação

2 Set 2010 - 10h54Por Fátima News com assessoria

A Pró-Reitoria de Ensino de Pós-Graduação e Pesquisa da Universidade Federal da Grande Dourados abriu inscrições para seleção de candidatos para o Programa de Pós-Graduação stricto sensu em Educação, Área de Concentração em “História, Políticas e Gestão da Educação”, em nível de Mestrado. São até 24 vagas e o ingresso será no primeiro semestre letivo de 2011.

 

A inscrição pode ser feita de 1º de outubro a 5 de novembro pela home page: http://www.ufgd.edu.br/faed/mestrado-educacao e será efetivada a partir da entrega da documentação exigida no Edital na Secretaria do Programa de Pós-Graduação em Educação - Faculdade de Educação (FAED).

 

Já a seleção será realizada por meio de prova escrita, exame de suficiência em Língua Estrangeira e entrevista.

 

A matrícula dos aprovados precisará ser efetuada entre os dias 14 a 22 de fevereiro de 2011, sendo que o início do curso será em 14 de março.

 

Mais informações

Fone (67) 3410-2120 (horário das 13h às 17h e das 18h às 22h)

E-mail: spgfaed@ufgd.edu.br

Home page: http://www.ufgd.edu.br/faed/mestrado-educacao

 

EDITAL Nº 22/PROPP, DE 30 DE AGOSTO DE 2010

http://www.ufgd.edu.br/propp/editais/Edital22_2010_EDUCACaO.pdf

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA PARA A PROVA ESCRITA

 

LINHA POLÍTICAS E GESTÃO DA EDUCAÇÃO

CURY, C. R. J. Sistema Nacional de Educação: desafio para uma educação

igualitária e federativa. Educação & Sociedade, v. 29, n. 105, set./dez. 2008.

CASTRO, Jorge Abrahão de. Evolução e desigualdade na educação

brasileira. Educ. Soc. [online]. 2009, vol.30, n.108, pp. 673-697. ISSN 0101-

7330.

DUBET, F. A escola e a exclusão. Cadernos de Pesquisa, n. 119, 2003.

FLEURI, R. M. Políticas de diferença: para além dos estereótipos na

prática educacional. Educação & Sociedade, v. 27, n. 95, ago. 2006.

FRANCO, Creso; ALVES, Fátima; BONAMINO, Alicia. Qualidade do

ensino fundamental: políticas, suas possibilidades, seus limites. Educação

& Sociedade, vol. 28, n. 100, p. 989-1014, out 2007.

FREITAS, Dirce Nei Teixeira de; FERNANDES, Maria Dilnéia Espíndola.

Gestão local e efetivação do direito à educação. 2008. Disponível em <

http:/www.anped.org>. Acesso em: 12 de junho de 2010

SEVERINO, A. J. – A pesquisa na pós-graduação em educação. Revista

Eletrônica de Educação. São Carlos, SP: UFSCar, v.1, no. 1, p. 31-49, set.

2007. Disponível em http://www.reveduc.ufscar.br.

OLIVEIRA, Romualdo Portela de. A transformação da educação em

mercadoria no Brasil. Educação & Sociedade., Out 2009, vol.30, n.108,

p.739-760. Disponível em: http://www.scielo.br

 

LINHA HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO, MEMÓRIA E SOCIEDADE

AMADO, J. & FERREIRA, M. (org). Usos e abusos da História Oral. 1. ed.

Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, 1996.

BOSI, E. Memória e sociedade: lembranças de velhos. 7. ed. São Paulo:

Companhia das Letras, 1999.

BURKE, Peter. 1992. A escrita da história: novas perspectivas. São Paulo:

UNESP, 1992.

CAMBI, F. História e Pedagogia. São Paulo : Editora UNESP, 1999.

FREITAS, Marcos Cezar (org.). Historiografia Brasileira em Perspectiva. 5.

ed. São Paulo: Contexto, 2003.

LE GOFF, J. História e Memória. Campinas: Editora da UNICAMP, 1996.

VEIGA, G. C. & F., T. N. História e Historiografia da Educação no Brasil.

Belo Horizonte: Autêntica, 2003.

STEPHANOU, M & BASTOS, M. H. C. Histórias e Memórias da Educação

no Brasil. (Vol. I, II e III). Petrópolis: Vozes, 2005.

LINHA EDUCAÇÃO E DIVERSIDADE

BOURDIEU, P. et al. O poder simbólico. Rio de Janeiro, Bertrand,1998.

CANCLINI, N. G. Culturas híbridas. 4. ed. São Paulo: EDUSP, 2008.

CERTEAU, M. A cultura e a escola. A cultura no plural. Campinas: Papirus,

2005.

FOUCAULT, M. As palavras e as coisas. São Paulo:Martins Fontes, 2002.

______. Arqueologia do Saber. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2007.

GEERTZ, C. A interpretação das culturas. Rio de Janeiro: Zahar, 1978

HALL, S. Identidade cultural na pós-modernidade. Rio de Janeiro: DP&A

Editora, 2006.

_____ Da diáspora: identidades e mediações culturais. Belo Horizonte:

UFMG, 2003.

 

CORPO DOCENTE (SEGUNDO AS LINHAS DE PESQUISA)

Linha de Pesquisa: Políticas e Gestão da Educação.

Professores Permanentes:

Dra. Dirce Nei Teixeira de Freitas

Dra. Elisângela Scaff

Dra. Giselle Cristina Martins Real

Dra. Marilda Moraes Garcia Bruno

Dr. Paulo Gomes Lima

Professores Colaboradores:

Dra. Alaíde Maria Zabloski Baruffi

Dra. Lindamir Cardoso Vieira Oliveira

 

Linha de Pesquisa: História da educação, Memória e Sociedade

Professores Permanentes:

Dra. Alessandra Cristina Furtado

Dra. Maria do Carmo Brazil

Dra. Magda

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Aposentadoria é para viver, não para receber só à beira da morte
CHANTAGEM
Ladrões invadem estabelecimentos, obrigam funcionárias a tirarem a roupa, filmam e extorquem vítimas
FORAGIDO
Atirador invade escritório de advocacia e mata duas pessoas
BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'
LARANJADA
Deputados do PSOL distribuem laranjas na chegada de Bolsonaro à Câmara
AMOR A PROFISSÃO
Pedreira caprichosa viraliza com trabalho detalhista e ganha novos clientes
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
O Boticário apresenta Quasar Brave, venha conferir no O Boticário em Fátima do Sul
SUPERAÇÃO
Jovem que morou 5 anos nas ruas se forma em Direito
FENÔMENO
Maior superlua de 2019 iluminará o céu nesta terça, 19