Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 16 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

TSE vai participar de eleições no Equador

13 Ago 2004 - 07h48
O Tribunal Superior Eleitoral vai emprestar ao Equador 700 urnas eletrônicas que serão utilizadas nas eleições municipais daquele país no dia 17 de outubro próximo. As urnas, pertencentes a Justiça Eleitoral de Minas Gerais, deverão ser transportadas hoje para Quito em um avião do governo equatoriano.

O envio das urnas foi feito através de um convênio de cooperação técnica entre a Organização dos Estados Americanos (OEA) e o governo brasileiro. O acordo prevê também o envio de técnicos da Justiça Eleitoral do Brasil, e de equipamentos para que os eleitores equatorianos possam conhecer o novo sistema e não tenham dificuldade na hora de votar.

As urnas já foram testadas anteriormente com sucesso nas eleições do Paraguai, do México e da Argentina.

No próximo ano, o TSE deverá enviar urnas eletrônicas para as eleições marcadas em Honduras e na Costa Rica.

Segundo o presidente do TSE, ministro Sepúlveda Pertence, o envio dessas urnas representa a participação do Brasil no desenvolvimento da democracia dos países latino-americanos. Na sua opinião, o sistema eletrônico de votação é o principal passo para solidificação do processo eleitoral no continente americano,já que esse sistema superou todas as fraudes no processo de votação.

Ao ressaltar o dever do TSE em cooperar com os demais países da América Latina, Pertence lembrou que o tribunal não tem nenhum interesse mercantil no empréstimo das urnas. "A não ser o da contribuição permanente para a consolidação da democracia."

Em abril passado, o ministro Sepúlveda Pertence viajou para Quito, onde reúniu-se com o presidente Lúcio Gutiérrez, com os juízes do Tribunal Supremo Eleitoral do Equador, com parlamentares, além de representantes de partidos políticos, sindicatos e da imprensa.

Durante o encontro, o ministro explicou todo o funcionamento das máquinas de votar e destacou a rapidez, a transparência e a segurança do sistema eletrônico.

Para as autoridades equatorianas o apoio do TSE vai assegurar a credibilidade do processo eleitoral em seu país.

 

TSE

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA
“Tentei socorrer ele, mas não deu certo”: conta filho de motociclista levado por enxurrada
FURIA DA NATUREZA
Enxurrada derruba casa e provoca pânico e destruição
NOVELA GLOBAL
Gabriel e Valentina viram inimigos mortais em 'O sétimo guardião'
REALITY SHOW
BBB 19 começa hoje. Na Rocinha Casa de Darnrley vira "QG" de Torcida
POSSE DE ARMAS
Bolsonaro assina nesta terça-feira decreto que facilita posse de armas
HEROINA
Professora Helley, que salvou crianças de incêndio em Janaúba, é homenageada e dá nome a rodovia
FAMOSIDADES
Doente, José Mayer foi esquecido pela Globo e abandonado por ‘Amigos’
NOVA LEI
Motoristas condenados por contrabando vão perder a CNH por cinco anos
SUCATA
Jovem transforma pneus velhos em lindas caminhas para pets.
ENTRETENIMENTO
Com direito a uniforme e crachá, “cão frentista” viraliza e ganha milhares de fãs