Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 19 de março de 2019
prefeitura VICENTINA Março 2019
Busca
ITALÍNEA
Brasil

TSE vai participar de eleições no Equador

13 Ago 2004 - 07h48
O Tribunal Superior Eleitoral vai emprestar ao Equador 700 urnas eletrônicas que serão utilizadas nas eleições municipais daquele país no dia 17 de outubro próximo. As urnas, pertencentes a Justiça Eleitoral de Minas Gerais, deverão ser transportadas hoje para Quito em um avião do governo equatoriano.

O envio das urnas foi feito através de um convênio de cooperação técnica entre a Organização dos Estados Americanos (OEA) e o governo brasileiro. O acordo prevê também o envio de técnicos da Justiça Eleitoral do Brasil, e de equipamentos para que os eleitores equatorianos possam conhecer o novo sistema e não tenham dificuldade na hora de votar.

As urnas já foram testadas anteriormente com sucesso nas eleições do Paraguai, do México e da Argentina.

No próximo ano, o TSE deverá enviar urnas eletrônicas para as eleições marcadas em Honduras e na Costa Rica.

Segundo o presidente do TSE, ministro Sepúlveda Pertence, o envio dessas urnas representa a participação do Brasil no desenvolvimento da democracia dos países latino-americanos. Na sua opinião, o sistema eletrônico de votação é o principal passo para solidificação do processo eleitoral no continente americano,já que esse sistema superou todas as fraudes no processo de votação.

Ao ressaltar o dever do TSE em cooperar com os demais países da América Latina, Pertence lembrou que o tribunal não tem nenhum interesse mercantil no empréstimo das urnas. "A não ser o da contribuição permanente para a consolidação da democracia."

Em abril passado, o ministro Sepúlveda Pertence viajou para Quito, onde reúniu-se com o presidente Lúcio Gutiérrez, com os juízes do Tribunal Supremo Eleitoral do Equador, com parlamentares, além de representantes de partidos políticos, sindicatos e da imprensa.

Durante o encontro, o ministro explicou todo o funcionamento das máquinas de votar e destacou a rapidez, a transparência e a segurança do sistema eletrônico.

Para as autoridades equatorianas o apoio do TSE vai assegurar a credibilidade do processo eleitoral em seu país.

 

TSE

Deixe seu Comentário

Leia Também

FATALIDADE
Mulher morre ao cair de pé de abacate e bater cabeça na linha do trem
MANIACO SEXUAL
Pai flagra estupro da filha dentro de casa usando o celular, suspeito foi preso
FAMOSIDADES
Quem era Bettina antes do R$ 1 Milhão: Ela foi professora de balé, modelo e panfleteira
MENTOR DO MASSACRE
Polícia de Suzano apreende menor suspeito de planejar ataque
INTERNADO
Criança de 4 anos cai em poço de cinco metros de profundidade
RESGATADO
Cão abandonado em ilha estava sendo comido vivo por urubus
SEXTUPLOS
Americana dá à luz seis bebês em nove minutos
TRAGÉDIA EVITADA
Garoto de 11 anos leva faca na mochila para matar colega no ônibus escolar
ALERTA AOS PAIS
Menino de quatro anos corta os pulsos em Goioerê e pode ser influência da Momo
FAKE NEWS
Padre Fábio de Melo desmente texto atribuído a ele sobre o ataque em Suzano