Menu
SADER_FULL
terça, 19 de março de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

TRT vai participar de Seminário de Direito para Jornalistas

1 Set 2004 - 14h57
 

O TRT/MS (Tribunal Regional do Trabalho de Mato Grosso do Sul) participa, pela primeira vez, do Seminário de Direito para Jornalistas promovido pelo TJ/MS (Tribunal de Justiça do Estado). O convite, formalizado pela Secretaria de Comunicação Social do TJ/MS, no início do mês de agosto, foi aceito pelo presidente do TRT/MS, juiz João de Deus Gomes de Souza.

O magistrado participará como palestrante e convidado especial do evento, que acontece nos dias 8, 9 e 10 de setembro. No dia 8, o presidente do TRT/MS participa da abertura do Seminário, como convidado especial, integrando a mesa de autoridades. No dia 10, ministrará palestra sobre “Linguagem, estrutura e relacionamento com a imprensa”.

Para o juiz João de Deus, a sua participação como palestrante será bastante oportuna para a Justiça do Trabalho. “Esse seminário tem cumprido um papel relevante à sociedade e ao Poder Judiciário por permitir à imprensa e aos profissionais jornalistas conhecer melhor sobre a estrutura e o funcionamento da justiça em Mato Grosso do Sul”, ressalta.

Sobre o conteúdo da sua palestra, o presidente do TRT/MS pretende abordar sobre a importância do jornalista conhecer os termos jurídicos. “Isso é muito significativo, uma vez que o jornalista exerce a função de informar a sociedade, e isso deve acontecer com o uso da terminologia adequada”, observa. Ele também falará da estrutura do Poder Judiciário Trabalhista e do que o TRT/MS vem fazendo para dar mais eficiência e qualidade à prestação jurisdicional.

Por fim, o juiz João de Deus abordará sobre a importância do bom relacionamento entre o Poder Judiciário e a imprensa. “A imprensa precisa entender que é muito importante para a sociedade que ela dê mais espaço para assuntos relacionados ao judiciário, principalmente questões que envolvem direitos fundamentais”, adverte. “Há muitas decisões judiciais e atos do Poder Judiciário que precisam ser amplamente divulgados para que mais pessoas tomem consciência dos seus direitos e se encorajem a buscá-los”, completa.

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

FATALIDADE
Mulher morre ao cair de pé de abacate e bater cabeça na linha do trem
MANIACO SEXUAL
Pai flagra estupro da filha dentro de casa usando o celular, suspeito foi preso
FAMOSIDADES
Quem era Bettina antes do R$ 1 Milhão: Ela foi professora de balé, modelo e panfleteira
MENTOR DO MASSACRE
Polícia de Suzano apreende menor suspeito de planejar ataque
INTERNADO
Criança de 4 anos cai em poço de cinco metros de profundidade
RESGATADO
Cão abandonado em ilha estava sendo comido vivo por urubus
SEXTUPLOS
Americana dá à luz seis bebês em nove minutos
TRAGÉDIA EVITADA
Garoto de 11 anos leva faca na mochila para matar colega no ônibus escolar
ALERTA AOS PAIS
Menino de quatro anos corta os pulsos em Goioerê e pode ser influência da Momo
FAKE NEWS
Padre Fábio de Melo desmente texto atribuído a ele sobre o ataque em Suzano