Menu
SADER_FULL
terça, 18 de dezembro de 2018
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Trotes atrapalham serviços no Samu, PM e Bombeiros

17 Jun 2010 - 16h06Por Dourados Agora

O trotes estão atrapalhando os serviços do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), do 2º Grupamento de Bombeiros e do Centro de Operação do 3º Batalhão de Polícia Militar (3º BPM).

Todos os dias são dezenas de chamadas que deslocam as guarnições que deixam de atender urgências por causa dos trotes. Ontem, o Samu foi acionado pelo telefone 192 para atender a uma suposta ocorrência de tentativa de homicídio.

Os socorristas se deslocaram e quando chegaram à Rua Deolinda Rosa da Conceição, na Vila Cachoeirinha, constatou que se tratava de uma "pedaginha". Os operadores do Samu deixaram suas bases, enfrentaram o trânsito pesado de Dourados à noite e correram riscos.

A polícia pede que as pessoas tenham consciência e alerta que há punições para quem for pego passando trote. No entanto, o que se espera é consideração pela vida, mais do que tudo. Os telefones de emergência são: 190 (Polícia Militar), 193 (Bombeiros), 199 (Guarda Municipal), 341.8080 ou 341.8060 (Polícia Civil).

Deixe seu Comentário

Leia Também

A QUE PONTO CHEGAMOS
Mãe mata o próprio filho após ser flagrada com amante pelo menino
MINÍSTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Tereza Cristina anuncia seis secretários para Ministério
FAMOSIDADES
Silvio Santos se pronuncia sobre polêmica com Claudia Leitte e reage a campanha feminista
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Sóstenes cometeu crime por amor a Luz
ABUSO SEXUAL
João de Deus se entrega para a polícia
ACIDENTE
Criança de dois anos se enforca com a alça da bolsa enquanto brincava em escola
CASO JOÃO DE DEUS
Marina Ruy Barbosa intervém no caso João de Deus e impede uma grande tragédia
PRISÃO DECRETADA
Justiça de Goiás decreta prisão de João de Deus
STARTUPS NO BRASIL JÁ É SUCESSO
O sucesso das startups no Brasil e algumas novas apostas no mercado
REVOLTANTE
Filha de João de Deus diz que foi abusada dos 10 aos 14 anos: 'Meu pai é um monstro'