Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 18 de dezembro de 2018
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Tricolor derrota o Furacão, sobe duas posições e cola no G-4

29 Out 2010 - 07h56Por Globo Esporte

O São Paulo segue em busca da difícil vaga na Taça Libertadores da América de 2011. Na noite desta quinta-feira, atuando em Barueri, o time levou a melhor no chamado "jogo de seis pontos", derrotou o Atlético-PR por 2 a 1, ganhou duas posições, e ficou muito perto do G-4 do Campeonato Brasileiro.

O Tricolor foi aos 47 pontos, um a menos que o Botafogo, que hoje seria o quarto representante no torneio sul-americano de 2011. Mas o time carioca entrará em campo no sábado, para enfrentar o Atlético-MG, em Sete Lagoas. Já o rival paranaense, que tem o mesmo número de pontos, foi ultrapassado na tabela de classificação por ter saldo de gols inferior ao time do Morumbi, que também deixou o Grêmio para trás, já que os gaúchos perderam para o Fluminense por 2 a 0, no Engenhão, no Rio de Janeiro.

Os dois times voltarão a campo na próxima semana. Na quarta-feira, o São Paulo vai até Uberlândia para enfrentar o Cruzeiro. No dia seguinte, o Furacão receberá a visita do Palmeiras na Arena da Baixada, em Curitiba.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSIDADES
Silvio Santos se pronuncia sobre polêmica com Claudia Leitte e reage a campanha feminista
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Sóstenes cometeu crime por amor a Luz
ABUSO SEXUAL
João de Deus se entrega para a polícia
ACIDENTE
Criança de dois anos se enforca com a alça da bolsa enquanto brincava em escola
CASO JOÃO DE DEUS
Marina Ruy Barbosa intervém no caso João de Deus e impede uma grande tragédia
PRISÃO DECRETADA
Justiça de Goiás decreta prisão de João de Deus
STARTUPS NO BRASIL JÁ É SUCESSO
O sucesso das startups no Brasil e algumas novas apostas no mercado
REVOLTANTE
Filha de João de Deus diz que foi abusada dos 10 aos 14 anos: 'Meu pai é um monstro'
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Robério beija Marcos Paulo e a agride ao descobrir que ela é trans
DESTAQUE MUNDIAL
Dois brasileiros estão no Top 50: melhores professores do mundo