Menu
LIMIT ACADEMIA
domingo, 26 de maio de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Três Lagoas apresenta a maior valorização de terra do País

3 Ago 2007 - 07h43

Três Lagoas é o município do País que apresenta a maior valorização de terra no Brasil e onde o agronegócio está realmente crescendo no País, conforme levantamento exclusivo que o Instituto FNP fez para a Revista Dinheiro Rural. Na média, a valorização nominal do hectare nas 11 cidades líderes chegou a 132,5% entre abril de 2002 e abril de 2007, sendo que a menor variação foi de 85% em Presidente Prudente (SP) e a maior, de 294%, em Três Lagoas (MS).

De acordo com o levantamento, o avanço do etanol neste ano começou a alterar o mapa da produção agropecuária em todos os Estados, sendo que as pastagens antigas e tradicionais cedem cada vez mais espaço para a cana-de-açúcar. Esse tipo de análise sobre as cidades que tiveram a maior valorização de terras nos últimos cinco anos mostrou que a cana está na metade delas.

Procurando alcançar esse ideal de diversificação, hoje Três Lagoas é a cidade com maior valorização de terra no Brasil. Só o Grupo Votorantim, que encampou o maciço florestal da Internacional Paper, realizou um aporte de R$ 3,2 bilhões numa fábrica de papel e celulose e ainda está em processo de arrendamento mais 40 mil hectares, somando um total de aproximadamente 150 mil hectares já plantados.

Também de forma incipiente vem ocorrendo o plantio de cana-de-açúcar na região para usinas de açúcar e álcool, que planejam se instalar na cidade. Essas usinas pretendem chegar em Três Lagoas e já manifestam o desejo de uma planta industrial com o valor de aproximadamente R$ 54 milhões de investimentos. Essas obras já receberam o indicativo do governo estadual por meio do Conselho de Desenvolvimento Industrial.

A pecuária, por conseqüência, perdeu muito espaço na cidade por conta do eucalipto que abastece com sua matéria prima a maior fábrica de papel e celulose do mundo. Entretanto há inúmeros produtores que continuam na atividade. “Considero um processo natural decorrente da industrialização, que se iniciou nos anos 90, exigindo da população essa transformação cultural que antes predominava na pecuária e agora é altamente industrial”, diz o secretário da Indústria, Comércio, Turismo, Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente de Três Lagoas, Cristovam Canela.

A expectativa da vinda de pessoas de outras localidades para a cidade é de um crescimento constante, tendo em vista as principais obras da VCP – Votorantim Celulose e Papel. Só essa fábrica pretende trazer á cidade, em meados de 2008, mais de 10 mil empregados. O crescimento que se projeta em termos de habitantes em 10 anos está estimado para 30%, de 100 mil habitantes passará para 130 mil. A única preocupação de Três Lagoas hoje, é qualificar profissionalmente essa mão de obra que chegará nos próximos anos.

 

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - VISITA ILUSTRE
Em Bonito (MS), Miss Brasil Júlia Horta destaca 'A energia daqui é inexplicável'
COISA DE DOIDO
Sucuri ataca bombeiro durante resgate em SP; assista!
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Governo dobra vagas de concurso da PF e convocações saem no fim do ano
FEMINICIDIO
Mulher é morta com 75 facadas pelo ex-marido após 25 anos de casamento
NEGLIGÊNCIA FUNCIONAL
'Peguei meu filho e achei que estivesse morto', diz mãe de criança dopada em creche
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
Confira o que tá na promoção que vai até este sábado no O Boticário em Fátima do Sul
BONITO - MS - DICA AGÊNCIA ECO TOUR
Visite Bonito (MS) na baixa temporada, saiba o porquê!
FÁTIMA DO SUL - TRATAMENTO COACH
De Nova Andradina, Vanessa recupera autoestima com tratamento 'Coach' Célia Tenório de Fátima do Sul
CASA BOCA SUJA
morador instala placas com palavrões nos muros de casa
MACABRO
Mulher é encontrada morta ao lado de uma oferenda