Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 18 de junho de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

TRE deve marcar teste para provar alfabetização de Tiririca

30 Out 2010 - 07h53Por Terra

Na noite da última quinta-feira (28), o juiz do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo, Aloísio Rezende Silveira, afirmou que deverá marcar uma audiência - ainda sem previsão de data - para submeter o deputado federal eleito pelo PR Francisco Everaldo Oliveira Silva, o humorista Tiririca, a um teste para avaliar se o candidato é alfabetizado. No entanto, como o comparecimento do humorista não é obrigatório, a decisão fica por conta de sua defesa.

Tiririca é alvo de uma ação penal aberta para investigar se houve falsificação em sua declaração de escolaridade. De acordo com o TRE, caso ele compareça à audiência e o resultado do teste seja satisfatório, poderá ser sumariamente absolvido.

Caso as provas não sejam satisfatórias, será dada continuidade ao processo. A ação apura a denúncia realizada pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) recebida em 4 de outubro. Tiririca foi eleito com 1,3 milhões de votos para o cargo de deputado, pela coligação Juntos por São Paulo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIDA SEDENTARIA
OMS alerta: Criança menor de 3 anos não deve ficar nem um minuto em tablet ou celular
HOMICIDIO X SUICIDIO
Pai que matou o filho de 4 anos e se matou não se conformava com namoro da ex-mulher
DOENÇA DO SÉCULO
Jovem de 19 anos, com depressão comete suicídio e comove amigos
ASSASSINATO CRUEL
O massacre do menino Rhuan e o silêncio da grande mídia
FAMOSIDADES
Homem discute com mulher e mata bebê de quatro meses
SOLIDARIEDADE
Bebê nasce sem os olhos e mobiliza cidade do Paraná
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai mata filho de quatro anos e se mata por não aceitar fim do relacionamento
ASSASSINATO
Marido da deputada é morto a tiros
MULHER DO PRESIDENTE
Esposa de Jair Bolsonaro cai na internet, fotos íntimas são exibidas e todos ficam sem acreditar
DOURADOS - MANIFESTAÇÕES
Dono da Havan manda 'recado' a manifestantes após protesto em frente a loja de Dourados