Menu
LIMIT ACADEMIA
sábado, 17 de agosto de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

TRE decide não cassar mandato de prefeito de Aquidauana

10 Set 2013 - 16h54Por MS Record

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Mato Grosso do Sul, em julgamento realizado nesta segunda-feira (9), aceitou o recurso da defesa e decidiu não cassar o mandato do prefeito de Aquidauana, José Henrique Trindade (PDT) e do vice Sebastião Souza Alves (PP). 

Os juízes do TRE entenderam que as irregularidades apontadas contra eles, pelo ministério público, nas eleições de 2012, representam infrações de menor potencialidade. Na decisão, a multa aplicada ao prefeito, ao vice e ao deputado estadual Felipe Orro (PDT), foi reduzida para R$ 26 mil. O valor que havia sido aplicado pelo juiz de primeira instância, fora de R$ 56 mil divididos entre os três.

Os três políticos haviam sido denunciados pelo Ministério Público Eleitoral (MPE), por uso irregular de servidores públicos estaduais, lotados na Assembleia Legislativa, durante a campanha do ano passado. José Henrique assumiu a prefeitura de Aquidauana após a cassação do candidato vitorioso nas eleições de 2012, Fauze Suleiman, do PMDB. (Com colaboração TV MS Record)

Deixe seu Comentário

Leia Também

SIAMESAS
Mulher dá à luz gêmeas siamesas de 3,700KG as duas
ACIDENTE DE TRABALHO
Homem morre ao ser puxado por colheitadeira quando fazia limpeza
TENTATIVA DE HOMICIDIO
Cansada de apanhar mulher desfere golpes de faca em companheiro
POLICIAIS CORRUPTOS
PMs são denunciados por ligação com tráfico; bandidos fizeram foto em caveirão
NOVELA GLOBAL
Camilo descobre segredo de Chiclete e Vivi em 'A dona do pedaço'
LIBERADO
PIS/Pasep para nascidos em agosto já está liberado
ALUCIENÓGENO
Video: Vovó fica doidona ao provar acidentalmente maconha do neto
TARADO AGIU NA IGREJA
Homem é preso após abusar de criança de 4 anos dentro de igreja
CRUELDADE
Adolescente que estava desaparecido foi brutalmente assassinado e queimado
TRAGÉDIA ABSURDA
Homem mata mulher e filha de 11 anos e se mata por não aceitar fim da relacionamento