Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 21 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Transferidos, policiais do DOF ficarão longe das ruas.

27 Out 2004 - 16h59

O Comando Geral da PM (Polícia Militar) ainda não definiu para quais departamentos da corporação os cinco policiais afastados do DOF (Departamento de Operações de Fronteira), em Dourados, serão transferidos. Enquanto isso, deverão permanecer em Campo Grande a disposição da corporação e fora dos serviços operacionais - nas ruas. Os suspeitos de envolvimento com arrastadores de veículos, na região de Corumbá – na fronteira com a Bolívia - são o sargento Pedro Santiago de Camargo, que atuava em Corumbá, do Comando Falcão o segundo-sargento Josito Raimnundo Sobrinho, os soldados Altamir Bernardes da Silva, Marcelo Dehn Freitas e Márcio Rogério dos Santos.
Segundo informações da assessoria de imprensa da PM, com o IPM (Inquérito Policial Militar) já foi concluído o próximo passo será a avaliação da promotoria militar, que terá a incumbência de avaliar o caso e se constatar indícios de crime oferecer denúncia para a Auditoria Militar. Nessa fase, o juiz auditor definirá se abrirá ou não o processo. Enquanto não houver julgamento, os PMs continuarão trabalhando na corporação. Caso haja condenação a pena vai da prisão até a expulsão da carreira militar.
Eles foram alvo de suspeitas a partir do pedido da quebra do sigilo telefônico deles. Segundo o comandante do DOF, coronel Geraldo Garcia Orti, como a denúncia partiu da prisão de dois arrastadores, cujos primeiros nomes são Sandro e Jucinei, foi preciso investigar a idoneidade da informação.
A medida comprovou o envolvimento dos PMs apontando como o elo do grupo o soldado do chamado Comando Falcão Altamir Bernardes da Silva. Para o comandante, a estratégia adotada no DOF para que as equipes nunca saibam quando chegará a próxima ordem de serviço e assim, desconheçam o trabalho de cada uma, para impedir qualquer tentativa de irregularidade, acabou trazendo à tona o problema. A equipe Falcão estava fazendo barreiras na BR-262, no trecho do Buraco das Piranhas, quando recebeu “em cima da hora” a ordem de atuar na área urbana de Corumbá. Longe do local, onde tinham combinado com os arrastadores a facilitação da passagem de um guincho que transportava uma caminhonete Toyota, outra equipe do DOF acabou descobrindo o esquema.
O Sandro e o Jucinei passaram num Gol de cor vermelha como batedores do guincho. Quando o caminhão guincho chegou em frente ao posto do Buraco das Piranhas, a equipe chegou os dados da Toyota e constatou que era roubada. O “guincheiro” disse que o veículo era dos “caras” que passaram no Gol.
Os suspeitos de serem arrastadores acabaram surpreendidos com a prisão feita pela equipe do DOF, já que esperavam a facilitação combinada. O rodízio das equipes proposto pelo comando frustrou a ação.
“Foi na hora da prisão que, sem querer, entregaram o esquema perguntando do soldado Altamir. Depois tentaram desconversar, mas já era tarde”, relata Orti.
O Comando Geral da Polícia Militar pediu o afastamento dos cinco das funções no DOF e, nesta tarde foram apresentados à corporação, em Campo Grande. Conforme o comandante do DOF, em agosto a Comando Falcão, foi transferida para a região de Corumbá onde além das barreiras policiais nas rodovias faziam operações volantes no combate ao tráfico na fronteira com a Bolívia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos