Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 24 de setembro de 2018
SADER_FULL
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Tráfico de seres humanos movimenta mais de US$ 7 bilhões

29 Nov 2004 - 16h12
 

O tráfico de seres humanos ocupa, hoje, o terceiro lugar na lista dos principais crimes organizados do mundo. Segundo o Escritório das Nações Unidas Contra Drogas e Crimes (UNODC), o tráfico internacional de mulheres e crianças movimenta de US$ 7 bilhões a US$ 9 bilhões por ano, perdendo em lucratividade somente para o tráfico de drogas e o contrabando de armas.

Estima-se que, para cada ser humano transportado ilegalmente de um país para o outro, o lucro das redes criminosas alcance até US$ 30 mil. O Brasil e outros países em desenvolvimento são importantes fornecedores de pessoas para a exploração, sobretudo em países ricos.

Segundo o Coordenador do Programa de Prevenção ao Crime do UNODC, Reiner Pungs, Portugal, Espanha e Itália são os principais receptores de mulheres e adolescentes brasileiras. "O Brasil continua sendo um país fornecedor de pessoas para o tráfico. Na Europa, no caso do Brasil, estão os principais países de destino", completou, em entrevista à Rádio Nacional do Brasil.

 


Radiobras

Deixe seu Comentário

Leia Também

FUGA FRACASSADA
Tentativa de fuga termina com agente de cadeia e detentos feridos
ASSASSINATO
Por quebrar "pacto de sangue" homem é assassinado juntamente com amigo
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Mistérios sobre passado de Karola começam a ser revelados
CORRIDA PRESIDENCIAL
Haddad continua disparada em pesquisa do BTG e se consolida no 2º turno
CASAL BRUMAR
Bruna Marquezine e Maraina Ruy Barbosa se afastam e climão na Itália alerta internautas
MARIA DA PENHA
Após deixar hospital, mulher esfaqueada pelo ex diz: 'Não deixe passar em vão'
CAPITULO FINAL
Saiba tudo que vai acontecer no fim de 'Orgulho e paixão'
MUTANTE
Grife inova em passarela com modelos de 'três seios'
EMBOSCADA
Homem é assassinado na frente do filho de seis anos
FAMOSIDADES
Xuxa rompe silêncio sobre Marlene Mattos e traições de Pelé: ‘Me fez coisas muito feias’