Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 19 de dezembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

TJ começa mutirão para reduzir processos parados em MS

9 Ago 2004 - 08h31
O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul começa nesta segunda-feira uma cruzada para reduzir o número de processos parados.

O TJ decidiu fazer um mutirão para desafogar as varas cíveis residuais e as de fazenda pública, onde tramitam processos contra o poder público. São mais de 4,7 mil processos em todo o estado. Cinqüenta e nove juízes, em todo o estado, participam da iniciativa para agilizar o andamento das ações.

Não há prazo determinado pela medida do Tribunal de Justiça que determinou a realização do mutirão, mas há uma expectativa do tribunal de justiça de que os trabalhos durem três meses. A primeira remessa enviada aos juizes é de mais de 2 mil processos. Os processos vão ser enviados para os juizes em todo o Estado. O sorteio que definiu a distribuição das peças foi feito na sexta-feira, pelo presidente do Tribunal de Justiça, Rubens Bossay.
 
 
RMT Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

A QUE PONTO CHEGAMOS
Mãe mata o próprio filho após ser flagrada com amante pelo menino
MINÍSTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Tereza Cristina anuncia seis secretários para Ministério
FAMOSIDADES
Silvio Santos se pronuncia sobre polêmica com Claudia Leitte e reage a campanha feminista
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Sóstenes cometeu crime por amor a Luz
ABUSO SEXUAL
João de Deus se entrega para a polícia
ACIDENTE
Criança de dois anos se enforca com a alça da bolsa enquanto brincava em escola
CASO JOÃO DE DEUS
Marina Ruy Barbosa intervém no caso João de Deus e impede uma grande tragédia
PRISÃO DECRETADA
Justiça de Goiás decreta prisão de João de Deus
STARTUPS NO BRASIL JÁ É SUCESSO
O sucesso das startups no Brasil e algumas novas apostas no mercado
REVOLTANTE
Filha de João de Deus diz que foi abusada dos 10 aos 14 anos: 'Meu pai é um monstro'