Menu
CACAU SHOW FÁTIMA DO SUL 0
domingo, 22 de setembro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
UNIGRAN NET
Brasil

Tite: “Rodrigo já é uma possibilidade”

9 Out 2004 - 10h37
O meia Rodrigo deve ser a novidade do Timão na partida contra o Coritiba, dia 16, no Pacaembu. Depois de passar dois meses afastado da equipe principal do Corinthians devido a um problema estomacal, o jogador está liberado para entrar em campo e é um dois nomes cotados para assumir a vaga de Fábio Baiano, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Rodrigo, inclusive, participou de algumas partidas do time B para ganhar ritmo de jogo.

“O Rodrigo já é uma possibilidade, não uma surpresa. Ele fez três jogos na equipe B e eu soube que foi bem. Vamos ver a evolução dele porque não posso colocá-lo sem condições”, afirmou. O treinador ainda lembrou que o atual elenco do Timão tem uma carência de meio-campistas armadores.

“Nessa posição, só temos o Rodrigo e o Fábio Baiano. Os demais jogam adaptados. O Renato, por exemplo, vem de trás e eu preciso de um jogador que fique mais à frente”, explicou.

Para suprir essa falta de meias armadores, Tite revelou que libera os laterais para avançarem e criarem jogadas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VAMOS ORAR - COMPARTILHE
Familia pede orações para jovem que sofreu grave acidente de moto
DOENÇA DO SÉCULO
Irmãos planejam a própria morte em mensagens de celular
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Homem invade escola de ballet e morde criança de seis anos, no rosto e no peito
BARBÁRIE
Filho de empresário é acusado de encomendar a morte do pai. Crime chocou cidade.
REVOLTANTE
Policial atira em motociclista que não quis parar e mata menina de 8 anos
ACIDENTE GRAVE
Acidente com van escolar deixa dez crianças feridasí; duas estão em estado grave
NOVELA GLOBAL
Em 'A dona do pedaço', Rock é dopado, perde luta e Paixão é anunciado campeão
TRAGÉDIA NA CIDADE
Assassinato de 3 pessoas e um suicídio assusta moradores de cidade
MORTE TRAGICA
Mulher morre após ter 98% do corpo queimado ao acender churrasqueira
CRIME DESVENDADO
Autor do Crime da Mala é identificado 11 anos depois por exame de DNA