Menu
SADER_FULL
quarta, 20 de junho de 2018
PASSARELA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Tite recua e pode permanecer no Corinthians

3 Dez 2004 - 14h49
O técnico Tite mudou o seu discurso na manhã desta sexta-feira e admitiu que poderá permanecer no Corinthians mesmo após a parceria entre o clube e o MSI. O treinador, no entanto, quer saber quem irá comandar o futebol do clube.

"Tenho vontade de permanecer no Corinthians, mas preciso saber quem irá mandar no clube. Se será o MSI ou algum dirigente do Corinthians", afirmou Tite, que elogiou o clube. "Tenho um carinho e um respeito grande pela torcida e pelos dirigentes", disse, em entrevista à rádio Jovem Pan.

Recentemente, o treinador havia dito que não trabalharia com o MSI. Ele ficou irritado com as reuniões entre os representantes do grupo de investimentos. Apesar do aparente recuo nas declarações de Tite, os ressentimentos com a parceira ainda continuam.

"Antes do técnico, tem o homem, o Adenor (primeiro nome do treinador)", disparou.

Tite também descartou um contato com o Santos para substituir Vanderlei Luxemburgo em 2005. Ele admitiu, no entanto, que seu empresário, Gilmar Veloz, foi procurado por clubes.

"Eu não vou falar com ninguém no momento. Não é porque eu quero ser bonzinho. É porque este é o meu jeito. Eu me recuso a conversar com qualquer pessoa antes que a minha situação no Corinthians seja definida", disse Tite.

Luxemburgo

O técnico do Santos, Vanderlei Luxemburgo, reafirmou que teve encontros com representantes do MSI (Kia Joorabchian, o presidente, e Renato Duprat, o intermediário), no entanto, desta vez, fez questão de lembrar que não assinou contrato com o Corinthians e que só volta a conversar sobre negociações quando acabar seu contrato com o time da Baixada, no final deste ano.

"Não tenho nada assinado com o Corinthians. Encontrei o Kia e o Renato Duprat em um jantar e o presidente do Santos, Marcelo Teixeira, sabe disso. Depois, vieram contatos dizendo que o Kia queria me contratar. Eu disse que tudo bem, mas não era o momento de falar nisso" contou Luxemburgo, em entrevista à TV Bandeirantes.

"O Corinthians quer me contratar, mas não temos nada ainda e só vou discutir isso quando terminar meu contrato com o Santos", emendou.

As reuniões com Kia e Duprat, agora admitidas por Luxemburgo, irritaram o atual técnico do Corinthians, Tite, que chegou a dizer que Luxa não tinha ética. O santista, então, respondeu.

"Não concordo que ele (Tite) questione minha ética, meu caráter e minha dignidade. Não dou esse direito a ele, que não me conhece. Ele tem que conhecer a pessoa primeiro antes de falar. Ele pode até discutir algo profissionalmente, mas caráter não", finalizou Luxemburgo.

Com Lancepress

Deixe seu Comentário

Leia Também

COLÉGIO DELPHOS - BOLSAS DE ESTUDOS
Colégio Delphos Nota 10 oferece provas para bolsas de estudos neste sábado em Dourados
UNIPAR - EAD - DOURADOS
Unipar EAD com pós-graduação e 25 cursos a distância com mensalidade acessíveis agora em Dourados
PENSÃO ALIMENTÍCIA
Genro de Silvio Santos é procurado por Policia Federal após mandado de prisão
APOCALIPSE
Arthur (Junno Andrade) fala na TV do ataque ao navio de fugitivos e das consequências da erupção de
POLÊMICA
Projeto quer liberar venda direta de etanol das usinas aos postos
FÁTIMA DO SUL - ESTRUTURA NOVA
Fátima do Sul terá um novo conceito de lojas Cacau Show, AGUARDEM!!!
DOURADOS - ITALÍNEA MÓVEIS PLANEJADOS
Em Dourados, Italínea Móveis Planejados dá dicas para deixar sua casa pronta para o inverno
APOCALIPSE
Ricardo (Sérgio Marone) autoriza que um navio de fugitivos seja bombardeado
LUTO NA TV
Morre o ator Fábio Tomasini, de 'Belíssima'
MONSTRO
Padrasto é preso por espancar e causar a morte de enteada de 3 anos