Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 22 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Timão vence Atlético-MG e agora lidera isolado o Brasileirão

19 Jul 2010 - 11h29

Foi de pouco, mas valeu muito. O Corinthians venceu o Atlético-MG por 1 a 0 e se isolou na liderança do Campeonato Brasileiro. O gol de Bruno César na tarde deste domingo, no estádio do Pacaembu, deixou o time com 21 pontos. Como o Ceará perdeu para o Internacional por 2 a 1, estacionou nos 18 pontos. O Galo, por sua vez, ficou em situação complicada. Com nove pontos, o time de Belo Horizonte está em 16º, colado na zona de rebaixamento.

Com o triunfo desta tarde, o Corinthians não só se manteve como único invicto (o Ceará perdeu do Internacional neste domingo), como também segue 100% como mandante no Nacional. Em cinco jogos, cinco vitórias. Já o Atlético-MG, segue 100% de maneira negativa. Perdeu todas as quatro partidas como visitante.

Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, o Corinthians joga em Goiânia, no estádio Serra Dourada, contra o Atlético-GO, às 21h50m. O Atlético-MG, por sua vez, joga no mesmo dia, só que às 19h30m. Na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, o Galo recebe a visita do Internacional, pela décima etapa da competição.

Não para, não para, não para

Só deu Corinthians no primeiro tempo. A equipe paulista dominou a etapa de ponta a ponta e deu pouco espaço para o Atlético-MG. A pressão começou logo no primeiro minuto e só não virou gol porque Chicão errou a cobrança de pênalti. Werley havia derrubado Dentinho, que recebera ótimo passe de Alessandro.

O lance não abalou o Timão. Com bom toque de bola e rapidez, os anfitriões infernizaram os mineiros. Até os dez minutos, uma série de tentativas. Aos três, Elias chutou cruzado. Fábio Costa salvou. Aos quatro, Bruno César arriscou. O goleiro novamente apareceu. Aos nove, o chute foi de Roberto Carlos. Para fora.

Assustado e sem conseguir se organizar em campo, o Galo não conseguia se livrar da pressão corintiana, embora ela tenha diminuído com o passar do tempo. A equipe de Belo Horizonte só conseguiu criar uma boa chance aos 23 minutos. E com a ajuda do Corinthians, já que Ralf errou passe no meio campo.

Neto Berola, então, aproveitou o vacilo do adversário, avançou em direção ao gol, mas pecou na hora da finalização, mandando longe do gol de Julio Cesar. O lance acordou novamente o Timão. E junto disso, mais pressão. Aos 26 e aos 27, Bruno César deu dois chutes de fora da área. Fábio Costa defendeu ambos.

Foi de Bruno César, aliás, a melhor chance depois do pênalti desperdiçado por Chicão. Aos 33 minutos, Roberto Carlos levantou a bola na área e o meia, livre de marcação, da pequena área, mandou para fora. Dominando o rival, mas sem conseguir marcar, o Corinthians quase foi surpreendido no final da etapa.

Aos 46 minutos, o lateral-esquerdo Leandro avançou bem e cruzou na cabeça de Neto Berola, que acertou o travessão do goleiro Julio Cesar. Foi por pouco.

Bruno César salva

Mano Menezes e Vanderlei Luxemburgo resolveram mudar suas equipes no retorno para o segundo tempo. No Corinthians, o treinador sacou Iarley para a entrada de Jorge Henrique. Já no Atlético-MG, o comandante mexeu no meio de campo. Tirou João Pedro e escalou Fabiano.

O Timão, por sinal, quase abriu o marcador com Jorge Henrique no primeiro minuto da etapa complementar. Chicão fez bom lançamento para Dentinho, que dominou nas costas da zaga adversária e rolou para o meio da área. Jorge Henrique disputou com a marcação, mas não conseguiu concluir.

Aos quatro, o atacante teve outra boa chance ao receber passe em profundidade. Mas seu chute parou no goleiro Fábio Costa. O Atlético-MG respondeu dois minutos depois, quando Ricardo Bueno girou em cima da zaga corintiano e bateu de perna esquerda, obrigando o goleiro Julio Cesar a importante defesa.

Não com a mesma intensidade do primeiro tempo, o Corinthians continuava dominando a partida diante do Atlético-MG. Luxemburgo, então, resolveu colocar Diego Souza no lugar de Neto Berola. Mano também fez outra alteração. Sacou o atacante Dentinho e mandou a campo o jovem William Morais.

Mais efetivo, o Timão perdeu chance aos 17. Jorge Henrique iniciou jogada e virou para Bruno César. O meia cortou o zagueiro e mandou por cima. O Galo só voltou a ter um ataque bom aos 21. Leandro cruzou, e Ricardo Bueno cabeceou para fora. Logo depois, Leandro recebeu de Ricardinho e quase fez, não fosse William.

Com o jogo mais aberto, por conta da pressão corintiana, o Galo se arriscou mais no ataque, mas não conseguia chegar com perigo ao gol de Julio Cesar. O Corinthians, então, foi premiado aos 35 minutos pela boa atuação. Bruno César recebeu na área e chutou colocado. A bola desviou em Jairo Campos e entrou.

Aos 43 minutos, o goleiro Julio Cesar precisou entrar em ação para que os planos do Corinthians não fossem por água abaixo. Ele fez linda defesa em cabeçada de Ricardo Bueno e garantiu não só a liderança isolada, mas também a festa da Fiel.

Corinthians 1X0 atlético-mg
Julio Cesar; Alessandro, Chicão, William e Roberto Carlos; Ralf (Jucilei), Elias, Bruno César e Danilo; Dentinho (William Morais) e Iarley (Jorge Henrique). Fábio Costa; Diego Macedo, Jairo Campos, Werley e Leandro; Zé Luís, Serginho, João Pedro (Fabiano) e Ricardinho (Fernandinho); Ricardo Bueno e Neto Berola (Diego Souza).
Técnico: Mano Menezes. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.
Gols: Bruno César, aos 35 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: William, Danilo, Jorge Henrique (COR); Werley, Diego Macedo, Leandro (ATL)
Público: 22163 pagantes. Renda: R$ 675.393,50.
Estádio: Pacaembu (SP).  Árbitro:  Wilton Pereira Sampaio (DF) Auxiliares: Enio Ferreira de Carvalho e Marrubson Melo Freitas (DF)

Deixe seu Comentário

Leia Também

CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação