SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 18 de Dezembro de 2017
DELPHOS_FULL
RIO_DOURADOS
7 de Julho de 2004 15h46

Timão à goiana para vencer em Curitiba

Há sete jogos sem vencer, cinco sob o comando do técnico Tite, o Corinthians enfrenta o Coritiba na capital paranaense nesta quarta-feira, às 21h45, tendo na cabeça o Goiás de 2003 como modelo a ser seguido na busca pela recuperação no Campeonato Brasileiro.

Os jogadores e o técnico Tite lembram que a equipe goiana terminou a primeira fase da competição nacional do ano passado segurando a lanterninha e apontada como virtual rebaixada para a Série B, mas se recuperou e foi a melhor do segundo turno, lutando inclusive por uma vaga para a Libertadores da América.

O técnico Tite, por exemplo, aliou o exemplo do Goiás à sua palavra preferida no momento: produtividade. 'Mesmo quando o Goiás estava lá embaixo eu dizia para todos que ele iria subir, pois a produtividade apresentada nos jogos era boa', lembrou, para depois citar o seu Timão.

'O único momento em que não produzimos foi no primeiro tempo contra o Juventude. Ali eu saí cuspindo marimbondos', exagerou. 'Contra o Santos, o time teve audácia e se impôs. Está crescendo sim', reiterou.

Tite também comentou sobre os pontos fortes do adversário que irá enfrentar nesta quarta-feira. E recomendou cuidados: 'O Tuta é uma referência importante, e o Capixaba é um bom jogador, que conheço desde os tempos de São Caetano. Sei que eles não terão o Rafinha, suspenso, e o Luiz Mário, negociado', afirmou, mostrando estar por dentro do time paranaense.

O lateral Zé Carlos, confirmado como titular pela esquerda, encara o jogo contra os paranaenses como uma verdadeira decisão. “Temos condições de sair de São Paulo e vencer. Para mim, não só o Coritiba, mas todos os jogos daqui para a frente serão decisões, pois o campeonato é de pontos corridos e não se pode vacilar”, ensinou.

O jogador saiu em defesa dos companheiros e rechaçou qualquer possibilidade de o Corinthians ser menosprezado pelo adversário. “Todos falam mal, mas sabemos da força do nosso grupo e que ainda impomos respeito”, comentou.

O atacante Marcelo Ramos é da mesma opinião. “Acho que o Coritiba virá para cima da gente, mas por jogar em casa, e não por não nos respeitar. O Corinthians é muito grande e não é menosprezado por ninguém”, apostou. “Quase ninguém acredita no time e falam que é o pior da história, mas eu não concordo. Tem muito campeonato pela frente e vamos provar o nosso valor”, concluiu.

No Coritiba, a novidade será a volta do meio-campista Luis Carlos Capixaba, ex-jogador de Tite no São Caetano. No entanto, o volante voltará improvisado na lateral-direita, substituindo Rafinha, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Além disso, Antonio Lopes promoverá a volta de Reginaldo Nascimento no lugar de Vagner. Fora isso, o time será o mesmo que goleou o Cruzeiro em pleno Mineirão, por 3 a 0, na última rodada.

Ficha Técnica: Coritiba x Corinthians

Coritiba: Fernando; Capixaba. Miranda, Reginaldo Nascimento e Ricardo; Ataliba, Roberto Brum, Rodrigo Batatinha e Cléber; Tuta e Alemão. Técnico: Antonio Lopes.

Corinthians: Fábio Costa; Anderson, Váldson e Betão; Rosinei, Rogério, Fabinho, Fábio Baiano e Zé Carlos; Gil e Marcelo Ramos. Técnico: Tite.

Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).
Data: 07 de julho de 2004 (quarta-feira)
Horário: 21h45
Árbitro: Carlos Eugênio Simon (Fifa-RS)
Auxiliares: Sérgio Buttes Cordeiro Filho (RS) e José Javel Silveira (RS).

 

Gazeta Esportiva

Comentários
Veja Também
SADER_LATERAL
pupa
FORTALEZA
Últimas Notícias
  
ÓTICA_DOURADOS
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.