Menu
LIMIT ACADEMIA
domingo, 21 de abril de 2019
SADER_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Tetila veta contribuição para Hospital do Câncer de Dourados

19 Mai 2007 - 09h00
O prefeito Laerte Tetila (PT) vetou o projeto de lei que autorizava o repasse de doações à ACCGD (Associação de Combate ao Câncer da Grande Dourados) através da conta de energia elétrica. O projeto “Contribuição Cidadã”, de autoria do vereador Zé Silvestre (PT), previa a cobrança de valores destinados à construção do Hospital do Câncer de Dourados.

Ao mesmo tempo em que vetou a matéria, a prefeitura apresentou um novo projeto à Câmara de Vereadores, desta vez de autoria do Executivo. O veto foi votado na sessão de terça-feira e acatado pelos vereadores. Já o projeto substituto, apresentado pelo Executivo, deverá ser votado na próxima terça-feira.

O veto dividiu as opiniões na Câmara de Vereadores. O presidente da Casa, Carlinhos Cantor (PR), disse que foi contra o veto porque, segundo ele, o projeto estava dentro da legalidade. “O projeto passou pela Procuradoria da Câmara e também foi aprovado pela CCJ [Comissão de Constituição e Justiça]. Como presidente, tenho obrigação de defender a Casa”, disse ele.

Segundo Carlinhos, o projeto substituto do Executivo foi apresentado em regime de urgência, mas só será votado na próxima semana para que haja prazo para apresentação de emendas.

COBRANÇA
O vereador Zé Silvestre disse que o novo projeto deve ser aprovado e sancionado já na semana que vem, para que a cobrança possa ser sugerida na próxima conta de energia elétrica. Segundo ele, o projeto foi criado para auxiliar diretamente na construção do Hospital do Câncer, tendo a sociedade como fiscalizadora. “A Enersul será apenas uma ferramenta para buscar o recurso”, diz ele.

Pelo projeto, a associação deverá prestar contas a cada três meses e uma comissão será formada para fiscalizar a aplicação dos recursos. “Tudo será feito dentro da mais perfeita legalidade. A população precisa acreditar neste projeto para que possa despertar para a contribuição”, ressaltou.

INCONSTITUCIONAL
Nesta quinta, a procuradora geral do município, Jovina Nevoletti Corrêa, explicou que o projeto foi vetado por inconstitucionalidade. Algumas questões do projeto original foram contestadas, como a cobrança já autorizada na fatura mensal, e em valor proporcional ao consumo. “A cobrança deve ser facultativa e não de forma impositiva. O valor também deve ficar a critério de cada contribuinte”, explicou a procuradora.

Segundo ela, o projeto original não criava a contribuição, apenas autorizava a prefeitura a executar a cobrança. “De qualquer forma, o Executivo teria que elaborar um projeto. Então, para ganhar tempo, preferimos vetar o projeto e apresentar um novo, já com as mudanças necessárias”, justificou Jovina, ao negar qualquer posição negativa do município com relação à contribuição. “De forma alguma o Executivo quer impedir este auxílio; somente vetamos um projeto que poderia trazer problemas futuros e imediatamente encaminhamos outra proposta, de acordo com interesses da sociedade e da própria Câmara de Vereadores”, explica.

NOVA LEI
Pela lei sugerida pelo Executivo, o contribuinte vai autorizar a cobrança através de carta enviada junto com a conta de energia elétrica e poderá optar pela contribuição de R$ 1, R$ 5, R$ 10 ou outro valor opcional.

Porém, segundo Zé Silvestre, dois pontos devem ser alterados pelo Legislativo: o projeto do Executivo estende o repasse da verba a outras instituições filantrópicas, além de autorizar o depósito em uma conta do município, para só então ser repassado à instituição.
 
 
Diário MS

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - DICA AGÊNCIA ECO TOUR
Confira agora os 5 passeios mais românticos de Bonito (MS)
EM ÁUDIO VAZADO
Em áudio, Onyx diz que governo deu 'uma trava na Petrobras', caminhoneiros podem ficar sossegados
EMOÇÃO E RECOMEÇO
Mãe e filho se reencontram em hospital após desabamento de prédios
ACIDENTE FATAL
Três morrem em explosão provocada por vazamento de botijão de gás
NOVA PARALISAÇÃO
Ala dividida de caminhoneiros falam em greve no próximo dia 29 em todo o Brasil
CAMPO BELO RESORT - PARAÍSO É AQUI
Com noite Árabe e Italiana, PACOTE do dia 03 a 05 de maio já disponível para o Campo Belo Resort
NEGLIGÊNCIA FUNCIONAL
Menino de 12 anos foge de casa, burla esquema de segurança e embarca em avião
DEU RUIM
Vítima reage e mata assaltante que tentava roubar camioneta em Toledo – ASSISTA VÍDEO
PAI MONSTRO
Pai é preso suspeito de estuprar e engravidar a filha de 11 anos
15 METROS DE ALTURA
MILAGRE – Menina de um ano que caiu do 4º andar de prédio não sofreu nenhuma fratura