Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 18 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Temendo aftosa, MS se prepara para agir na fronteira

17 Ago 2004 - 17h39
Temendo tratar-se de aftosa a doença constatada em bovinos na fronteira paraguaia, o governo de Mato Grosso do Sul já está adotando medidas preventivas para o caso de se confirmar que os animais doentes não estão com IBR (Rinotraqueíte Infecciosa Bovina). Segundo o secretário de Produção e Turismo, José Antônio Felício, aumentam os boatos de que se trata de aftosa.
Segundo ele, na região de fronteira houve aumento considerável na venda de desinfetantes e cal, que seriam utilizados nos animais. Ele manifestou a preocupação com a suspeita de que seja um caso de aftosa ao governador Zeca do PT, que está em Brasília. Segundo o secretário, o governador pode buscar informações no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.
Conforme o secretário, técnicos do Ministério em Campo Grande tiveram acesso aos exames feitos nos bovinos paraguaios. A região que exige preocupação é de fronteira com cidades como Paranhos, Sete Quedas e Amambai.
O secretário informou que equipamentos, como pulverizadores, já estão sendo testados para o caso de ser necessária uma ação emergencial. Se houver confirmação de foco, diz, deve haver apoio do Exército, uma vez que a fronteira é uma região onde fiscais sanitários tem apresentado rejeição em trabalhar por insegurança.
Havendo confirmação, diz Felício, a vacinação deve ser reforçada nos rebanhos sul-mato-grossenses nas cidades fronteiriças.
 
Campo Grande News

Deixe seu Comentário

Leia Também

CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS
DECEPCIONADA
Regina Duarte surpreende e se posiciona contra atitude de Bolsonaro
SATÂNICO
Mulheres são presas acusadas de torturar criança de apenas dois anos que teve rosto desfigurado
INSPIRAÇÃO
Idoso se forma em Direito aos 94 anos, após morte da esposa
POLEMICA
Movimento Gay quer tirar Bíblia de circulação no Brasil, diz Damares
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem atira em esposa e se mata com granada
SUPERAÇÃO
Pedreiro cadeirante enfrenta difilculdades e sustenta a família trabalhando em obras
GASES MORTAIS
Homem morre após segurar peidos na casa da namorada
REALITY SHOW
'BBB 19': Danrley diz ser virgem, e irmã brinca: 'Nem no signo'