Menu
SADER_FULL
terça, 19 de novembro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Teixeira diz que nenhum estádio do País está apto para a Copa

25 Abr 2007 - 09h41
 

O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, disse onte à tarde na Assembléia Legislativa de Mato Grosso do Sul, que nenhum estádio do País tem condições atualmente de receber jogos de uma Copa do Mundo. O cartola veio ao Estado para fazer a entrega ao governo do Estado, Assembléia Legislativa, Federação de Futebol (FFMS) e prefeitura da Capital, do Caderno de Encargos da FIFA, para o Mundial de 2014, que o Brasil como candidato único para sediá-lo.

Com a entrega do Caderno de Encargos, Mato Grosso do Sul entra no rol das cidades que postulam ser uma sede ou sub-sede da Copa do Mundo de 2014. As cidades que poderiam receber as partidas, seriam Campo Grande, com o Estádio Morenão, que tem capacidade para 45 mil pessoas, e Dourados, com o Estádio Dourados, que tem condições de receber até 30 mil torcedores.

Teixeira disse que Mato Grosso do Sul tem todo o direito de pleitear uma sede ou sub-sede do Mundial, e lembrou que várias questões serão analisadas pelas FIFA para a escolha das cidades que receberão os jogos do Mundial. “Será analisada a questão do turismo, da infra-estrutura dos estádios, a rede hoteleira, telecomunicações, transportes”, disse ele, completando que até novembro a entidade máxima do futebol define o País que sediará o mundial, e que depois existe um prazo de mais um ano e meio para a definição das sedes e sub-sedes locais.

O presidente da CBF deixou a entender ainda que se o Estado não receber uma sede ou sub-sede da Copa, pode vir a receber jogos da Seleção Brasileira, seja em partidas amistosas, das eliminatórias da Copa ou preparatórias para a Copa.

Força-tarefa

Uma verdadeira força-tarefa foi montada para recepcionar o presidente da CBF em Mato Grosso do Sul. Participaram diretamente o presidente da Assembléia, Jérson Domingos (PMDB), o prefeito Nelson Trad Filho (PMDB), o vice-governador Murilo Zauith (DEM), o presidente da Câmara da Capital, Edil Albuquerque, e o presidente da FFMS, Francisco Cezário de Oliveira.

Jérson disse que toda a sociedade sul-mato-grossense não medirá esforços para que o Estado receba algumas partidas do Mundial, enquanto que Zauith prometeu empenho do governo do Estado para tornar viável o projeto. O vice-governador aproveitou para lembrar que serão poucas cidades do País que terão o privilégio de sediar jogos da Copa, e que com o empenho de todos o ‘sonho’ se concretizará.

Homenagem

Pouco antes de entregar o Caderno de Encargos ao presidente da Assembléia e ao vice-governador, o presidente da CBF recebeu do presidente da Câmara e do vereador Vanderlei Cabeludo (PMDB) a medalha do mérito legislativo municipal, pelo trabalho em prol do desenvolvimento do futebol no País.

 

 

TV Morena

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVELA GLOBAL
Em 'A dona do pedaço', Camilo tenta estuprar Vivi e morre
ABSURDO
Mulher usa o filho de um ano para entrar em presídio com celular
100 EDUCAÇÃO
Quem sabe xinga ao vivo: Faustão chama funcionário de imbecil no ar
ACIDENTE AÉREO FATAL
Médico, filha e piloto são os mortos da queda de avião. Esposa está em estado gravíssimo
TRAGÉDIA AÉREA
Tragédia matou Marcela e Maysa, filhas do homem que abriu a comunicação de MS
NOVELA GLOBAL
Cinco casamentos agitam fim de 'A dona do pedaço'
PROCURADO
Interpol emite alerta vermelho para prender ator acusado de estupro que fugiu para o Brasil
ESPORTE
Os maiores ídolos da Fórmula 1
FÁTIMA DO SUL - NATAL NA CACAU SHOW
Já é Natal na Cacau Show, confira e faça sua reserva dos deliciosos panettones em Fátima do Sul
OBESIDADE MORBIDA
Mulher de 230 quilos pede ajuda: ‘Está muito difícil minha vida’