Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 12 de dezembro de 2018
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Técnico da Costa do Marfim insinua que Drogba enfrenta o Brasil

17 Jun 2010 - 17h39Por Folha Online
O técnico da seleção da Costa do Marfim, o sueco Sven-Goran Eriksson, deu indícios nesta quinta-feira que o atacante Didier Drogba deve começar como titular a partida diante do Brasil no domingo, dia 20, no estádio Soccer City, em Johannesburgo, pela segunda rodada do Grupo G.

O atacante Didier Drogba, que sofreu uma fratura no cotovelo direito no dia 4 de junho, atuou durante 25 minutos no empate contra Portugal por 0 a 0, na estreia da seleção africana na competição.

"Não seria surpreendente se Drogba fosse titular contra o Brasil, ele jogou bem nos 25 minutos em que atuou contra Portugal", declarou o sueco Sven-Goran Eriksson em uma coletiva de imprensa.

Além de Costa do Marfim e Brasil, a segunda rodada do Grupo G ainda tem o confronto entre Portugal e Coreia do Norte, que será realizado na segunda-feira, dia 21.

O Brasil é o líder da chave, com três pontos --dois a mais que do Costa do Marfim e Portugal. A Coreia do Norte ainda não pontuou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Aranha descobre marca de pata de gato de Gabriel, tira foto e conta aos guardiã
SUSTO
Celular pega fogo no bolso da calça e deixa homem com queimaduras na perna e mãos
PROCURADO
Com prisão decretada desde setembro, Dado Dolabella é considerado foragido da Justiça
DICAS DE MARKETING
5 dicas de marketing para um negócio de dropshipping
CRIME HEDIONDO
Câmera flagra ataque de suspeito de estuprar garota de 14 anos em SP; vídeo
TERROR
Ataque dentro da Catedral deixa ao menos cinco mortos em Campinas
REVIDE
Passageiro atropelado por motorista de aplicativo após vomitar em carro está em coma
A SERVIÇO DE DEUS
Angela Bismarchi festeja diploma para ser pastora: ‘Eu era pecadora e não sabia’
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Luz dá caixa com terra de cova de Gabriel para Valentina
INTOCÁVEL
PF pediu prisão domiciliar de Aécio, Cristiane Brasil e Paulinho da Força, mas PGR e STF não concede