Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 22 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

TCU investiga irregularidades no Hospital Universitário de Dourados

3 Set 2007 - 08h48

O TCU (Tribunal de Contas da União) determinou que a Secretaria Executiva do Ministério da Saúde investigue minuciosamente o desvio de equipamentos que deveriam ter sido destinados ao HU (Hospital Universitário) de Dourados e que, segundo indícios, teriam sido remetidos para hospitais de outras cidades de Mato Grosso do Sul.

Na mesma sessão, os ministros do TCU deram um prazo de 90 dias para a apresentação do relatório de apuração das irregularidades que teriam sido praticadas durante o governo Zeca do PT. De acordo com o TCU, a Secretaria Executiva do Ministério da Saúde deverá verificar a regularidade da execução do Convênio 191/2003, celebrado entre a União e a Secretaria Estadual de Saúde, cuja vigência vai até 1º de novembro deste ano e apurar se os indícios de desvios de equipamentos realmente ocorreram.

Conforme o TCU, a determinação se baseia na existência de "indícios de desvio de finalidade do objeto ou alteração do Plano de Trabalho sem anuência do concedente, já que foi constatado que a Secretaria Estadual de Saúde destinou alguns equipamentos adquiridos com recursos do Convênio 191/2003 em destino diverso daquele previsto no seu objeto".

Ainda de acordo com o TCU, apesar do convênio "ter sido celebrado especificamente para adquirir materiais permanentes de saúde para o HU de Dourados, alguns equipamentos já adquiridos foram destinados para outros órgãos e entidades (prefeituras e hospitais), a exemplo de parte dos equipamentos constantes das notas fiscais 1895, 1449, 2517, 3852, 3840 e 28080".

O convênio 191/2003 foi firmado em 31 de dezembro de 2003 por meio do qual o Ministério da Saúde destinou para o governo do Estado R$ 4,2 milhões para a aquisição de equipamentos para o HU de Dourados.

A liberação desses recursos, no entanto, somente aconteceu após várias cobranças e pressão da bancada de Mato Grosso do Sul no Congresso, que chegou a mobilizar a Comissão de Seguridade Social e Família por meio da apresentação de uma emenda com esse objetivo.

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai