Menu
SADER_FULL
RIO_DOURADOS
Busca
SUCURI_MEGA
Brasil

TCE lança amanhã à tarde cartilha educativa na Assomasul

6 Jul 2004 - 14h56
 O TCE (Tribunal de Contas do Estado) realiza amanhã, às 14h30, na sede da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), o lançamento estadual de uma cartilha educativa dirigida especialmente para os prefeitos e agentes públicos que estão encerrando o mandato este ano. A cartilha, denominada “Contas Públicas em Final de Mandato” tem tiragem de dois mil exemplares, 96 páginas, e é dirigida a todos os agentes públicos e políticos que se relacionem direta ou indiretamente com o assunto, como candidatos, vereadores, ordenadores de despesas, e secretários municipais.

A cartilha está dividida em 13 capítulos e trata de assuntos como a LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal), “Obrigação de Despesa” e “Obrigação de Pagamento”, Contratação de Serviços de Natureza Continuada, Penalidades Aplicadas por Transgressões à LRF, Custeio de Obras e Serviços com Recursos de Convênio, Dívida e do Endividamento, Restos a Pagar, Despesa com Pessoal, Lei Eleitoral, Transmissão de Cargo, Fixação de Subsídios, Conservação do Patrimônio Público e Índices Constitucionais.

Além dos artigos técnicos, a cartilha traz um quadro geral resumido das punições aplicáveis às transgressões da LRF. De acordo com José Ancelmo, a cartilha foi elaborada por técnicos do Tribunal para orientação dos prefeitos e agentes públicos que encerram o ciclo do mandato municipal que marcou o início da vigência plena da LRF, a partir do exercício de 2001. O Conselheiro alerta que “o prefeito que não seguir esta cartilha certamente terá problemas com o Tribunal”.

Para José Ancelmo, este trabalho deve ajudar a evitar as chamadas heranças problemáticas, “que tanto transtorno causam àqueles que assumem uma prefeitura cujo antecessor não respeitou os preceitos constitucionais, nem soube administrar com equilíbrio as finanças públicas”. Segundo ele, a iniciativa da elaboração da cartilha decorre do compromisso que tem de diminuir as distâncias entre o Tribunal e seus jurisdicionados, “investindo na prevenção e na orientação daqueles que movimentam as riquezas públicas”.

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

Perigo da net
Golpe do Bolsa Família se espalha no WhatsApp: 600 mil brasileiros afetados
Milionário(a)
Mega-Sena, concurso 2.034: aposta de SP ganha sozinha
O Apocalipse
Alan (Eduardo Galvão) manda embora Susana (Monica Torres) de sua casa e ela termina o casamento com
Post Polêmico
Caio Blat cria polêmica na Web com post e é chamado de machista por Maria Casadeval
Famosidades
Tratando de um câncer, Mr. Catra perde 35 kg
Novela Global
Fabiana é presa no fim de 'O outro lado do paraíso'
O Apocalipse
Anticristo leva ‘Apocalipse’ à vice-liderança na audiência
Maniaco Sexual
Homem é preso por abusar sexualmente de menina que queria adotar
Lava Jato
Ministros do STF admitem possibilidade de soltura e candidatura de Lula
Brincadeira Fatal
Tragédia: bebê morre esmagado durante brincadeira com carro da família