Menu
LIMIT ACADEMIA
sexta, 23 de agosto de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

TCE condena contrato e multa ex-prefeito de Anaurilândia

25 Ago 2004 - 15h52

O TCE (Tribunal de Contas do Estado) declarou ilegal e irregular procedimento licitatório da Prefeitura de Anaurilândia, que escolheu contrato der prestação de serviços com Vanda Stabile Cruz, em 1995. Por conta disso, aplicou também multa de R$ 1 mil (100 Uferms) contra o prefeito à época, Edom Carlos Gonzáles, sob prazo de 20 dias para o recolhimento do valor, estando sujeito a cobrança executiva. O Tribunal determinou ainda que o atual administrador municipal, Edson Takazono (PMDB), encaminhe os documentos que comprovem a execução do contrato referido, caso contrário, os valores referentes serão impugnados.

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

A CASA CAIU
Homem pede divórcio ao descobrir que não é pai de nenhum dos nove filhos
ESTADO GRAVE
Homem ateia fogo em mulher e filha de 4 anos 80% do corpo queimado
SURPRESA E FÉ
Homem que morava em uma barraca ganha casa reformada
JUSTIÇA PROPRIAS MÃOS
Suspeito de ter estuprado criança é assassinado por lideranças de bairro
ASSISTA A REPORTAGEM
Família da modelo Mylena Mendes, que morreu em acidente faz protesto no Fórum
NOVELA GLOBAL
Régis confessa que forjou DNA de Arthur em 'A dona do pedaço'
FOGO NA AMAZONIA
Macron diz que Bolsonaro mentiu, e Europa ameaça retaliar Brasil
TURISMO
Curtir a Cidade Maravilhosa com pacotes de viagens baratos
FUTEBOL - PAIXÃO NACIONAL
Uma estrutura confiável para resultados de futebol
POSSE DE ARMA
Posse de arma em toda extensão da fazenda é aprovada e segue para sanção