Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 22 de julho de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

TCE apura se Zeca do PT deixou de investir na Saúde

17 Abr 2007 - 10h58

Líder do governo na Assembléia Legislativa, o deputado Youssif Domingos (PMDB) disse agora há pouco que o TCE (Tribunal de Contas do Estado) já apura a denúncia formulada pelo Conselho Estadual de Saúde, de que o governador Zeca do PT deixou de aplicar R$ 136 milhões de reais na área da saúde, nos anos de 2004 e 2005.

O repasse do recurso seria obrigatório por estar inserido na vinculação dos 12% da receita, conforme estabelece a legislação. Youssif disse que se o TCE confirmar a denúncia deverá responsabilizar o ex-governador. No entanto, explicou que o atual governo será encarregado de fazer a suplementação de recursos.

“Neste caso, o governador André Puccinelli, apesar de todas as dificuldades que vem enfrentando, estabelecerá um cronograma de repasses para esta suplementação”. De acordo com o líder do governo, atualmente o governador está trabalhando para cumprir a meta de repassar 12% da receita para a área da saúde, o que somente poderá ser auferido no fim do ano, com o fechamento das contas estaduais.

 

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

CONCURSOS
Ao menos 12 órgãos abrem inscrições para preencher quase 800 vagas
VICENTINA SENDO REPRESENTADA NO RJ
Vicentina será representada no Internacional de Masters South América de Jiu-jitsu no Rio de Janeiro
POLITICA
'Falar que passa-se fome no Brasil é uma grande mentira', afirma Bolsonaro
NOVELA GLOBAL
Maria da Paz se recusa a enxergar caráter de Josiane em 'A dona do pedaço'
REGIME SEMIABERTO
Goleiro Bruno deve sair da cadeia no fim da tarde desta sexta-feira
CASO RARO
Bezerro de seis patas chama atenção moradores de Santa Helena – Veja Vídeo
MONSTRUOSIDADE
Vizinho é preso suspeito de estuprar e estrangular menina de 8 anos
CASA PRÓPRIA
Recurso de R$ 1 bilhão é destinado ao Minha Casa, Minha Vida
VIDA SAUDÁVEL
Homem mais velho do Brasil falece no Rio de Janeiro
BASTA DE IMPRUDÊNCIA
Enlutada pelas mortes, população deixa faixa contra imprudência na PR-082