Menu
LIMIT ACADEMIA
sábado, 20 de outubro de 2018
SADER_FULL
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Taxa de juros para a agricultura é considerada alta

22 Jul 2004 - 10h10
A taxa de juros - mesmo para financiamento da agricultura - ainda é considerada alta para quem precisa de empréstimo. Mas uma nova linha de crédito - lançada nessa quarta-feira, em Campo Grande, durante o anúncio da liberação de R$ 1,4 bilhão para a próxima safra - pode ser a saída para reduzir o custo no campo.

A novidade no financiamento agrícola deste ano é para quem "importa" insumos. Os produtores rurais pagarão juros mais baixos pelos créditos. O primeiro contrato do país nessa modalidade foi assinado nessa quarta-feira, em Campo Grande. O beneficiado foi a Cooperativa Agroindustrial do Centro-Oeste. Na safra 2004/2005, os produtores rurais de Mato Grosso do Sul terão R$ 1,4 bilhão disponíveis para financiamento. Vinte e sete por cento a mais do que na safra passada.

Os produtores rurais lembram que mais do que dinheiro, o setor precisa de melhorias na infra-estrutura. Eles citam as condições das estradas por onde é feito o escoamento da safra. O governador Zeca do PT concorda.

Os produtores rurais gostaram do volume de recursos, mas não dos juros cobrados pra esses financiamentos. A Federação da Agricultura de Mato Grosso do Sul reclama que nem todos os produtores terão acesso aos juros controlados, bem mais baixos daqueles praticados no mercado.

É que dos 39 bilhões de reais liberados pra todo o país, só 16 bilhões de reais serão financiados a juros mais baixos, de 8,7% ao ano. O restante, R$ 23 bilhões terão juros praticados no mercado que chegam a onze por cento ao ano.

Este ano, tem mais novidade. Os produtores rurais que tiveram prejuízos com a estiagem terão prioridade na hora de fazer o financiamento. Além disso, eles podem ter um acréscimo de 30% no valor do crédito agrícola.

Benefícios também para o agricultor que elaborar programas de exportação. Ele vai ter acesso a linhas de financiamentos com juros mais baixos. Esta é uma forma de valorizar o produto brasileiro no mercado internacional.
 
Bom Dia MS

Deixe seu Comentário

Leia Também

DISPUTA ACIRRADA
Vox Populi: Distância cai para 6 pontos
AGRESSÃO
Justiça manda penhorar bens de Dado Dolabella para pagar indenização a camareira agredida
HOMICÍDIO - 17 TIROS
Empresário é morto com 17 tiros; acusados estão detidos
ACIDENTE DE TRANSITO
Carros capotam após batida; criança de 5 anos ficou ferida
POLITICA
TSE abre investigação para apurar suposto crime eleitoral de Bolsonaro
FAMOSIDADES
Jair Bolsonaro teria causado a separação de Neymar e Bruna Marquezine
NOVELA GLOBAL
Segundo Sol: Após suborno e tentativa de estupro, Remy se entrega a polícia para deixar Luzia livre
REALITY SHOW
Perlla é eliminada de A Fazenda com 22,64% dos votos
RETA FINAL
'Segundo sol': Antes de ir para a cadeia, Luzia pede: 'Continuem procurando por Remy! Ele está vivo!
CASO LETICIA
Adolescente morta a facadas contou a amigos que pai estuprou a tia na sua frente:'Tinha quatro anos'