Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 25 de março de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

SUS vai atender mulheres vítimas de violência sexual

5 Out 2004 - 13h25
 

Os médicos do Sistema Único de Saúde (SUS) poderão ter autorização para fazer o exame de corpo de delito das vítimas de violência sexual. É o que prevê projeto de lei em tramitação na Câmara dos Deputados. Hoje, na maior parte do país, esse exame só é realizado no Instituto Médico Legal (IML).

A autora do projeto, deputada Ann Pontes (PMDB-PA), acredita que essa mudança deve aumentar o número de denúncias. “O que ainda é um grande empecilho para termos um levantamento de quantas pessoas sofrem violência sexual é que a grande maioria das vítimas não procura fazer o exame de corpo de delito”, afirmou.

Com os dados estatísticos deficientes, a deputada disse que o combate a esse tipo de crime também é prejudicado. A técnica em saúde da mulher do Ministério da Saúde, Iolanda Vaz Guimarães, afirmou que essa prática já vem sendo adotada em alguns hospitais do país. Em Curitiba (PR), oito ginecologistas foram treinados por médicos legistas para que eles possam fazer a perícia, através do chamado laudo indireto.

 

ABr

Deixe seu Comentário

Leia Também

FATIMA DO SUL - JULIFRAN
Julifran Restaurante promete chopp grátis a cada gol de Borja sobre Novorizontino
BONITO - MS - AGÊNCIA BONITO ECO TOUR
Faça o que lhe faz bem! Viaje para Bonito MS!
CIUMES
Marido vê foto de outro no celular e agride mulher na cabeça e a joga para fora do carro
ORAÇÕES
Estado de saúde de Cláudia Rodrigues (a diarista) é grave
PAULISTÃO IV
“Hoje foi realmente a estreia do São Paulo”, diz Mancini após vitória
PAULISTÃO III
Carille vê Corinthians abaixo: “Fomos premiados com o empate”
PAULISTÃO II
Com falha e ‘milagre’ de Prass, Palmeiras busca empate com gol de estreante
PAULISTÃO
Santos aproveita falhas do Red Bull e abre boa vantagem no Pacaembu
MOSTRA MONITORAMENTO
Caminhoneiros se mobilizam para nova paralisação
CRIME NA MADRUGADA
Mulher é brutalmente assassinada; carro foi visto deixando o local