Menu
SADER_FULL
quarta, 14 de novembro de 2018
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

SUS deve atrasar incorporação do hospital à UFGD

14 Ago 2007 - 08h06
A transferência dos atendimentos do SUS (Serviço Único de Saúde) em Dourados para o HU (Hospital Universitário) deverá atrasar o processo de incorporação do hospital a UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados). A informação foi confirmada nesta segunda-feira pelo reitor da universidade, Damião Duque de Farias.

Conforme ele, o fato de o hospital passar a concentrar os atendimentos da saúde pública no município, a partir de novembro, obriga a comissão formada por membros da UFGD, HU e Fundação Osvaldo Cruz, do Rio de Janeiro, a alterar vários termos do projeto de incorporação que está praticamente pronto e que seria entregue aos ministérios de Saúde e Educação no final deste mês.

O reitor disse que as principais mudanças no projeto estão relacionadas a questões orçamentárias, já que a nova demanda de atendimentos no HU resultará automaticamente no aumento dos custos e na necessidade de contratar novos funcionários. “Estamos marcando uma reunião com a prefeitura e a direção do HU para discutir essa situação. Serão necessárias adaptações ao modelo de gerenciamento previsto no projeto e isto torna deverá atrasar a entrega da proposta de incorporação, que seria feita no final do mês”, comentou.

A expectativa inicial era de que, após aprovação dos ministérios da Saúde e Educação, o projeto de incorporação do HU a UFGD fosse encaminhado ainda em setembro para o Congresso Federal, aonde terá que ir a votação nas duas Casas (Senado e Câmara dos Deputados).

A idéia da direção da UFGD era que a incorporação fosse iniciada no início de 2008, fato que dificilmente vai acontecer, haja vista que não há nem previsão de uma nova data para a entrega do projeto de incorporação ao governo federal. “Vamos ter que adaptar o projeto a essas mudanças o mais rápido possível para que a proposta seja entregue ao governo federal e possa começar a tramitar no Congresso”.

SAMU

O prefeito Laerte Tetila (PT) anunciou nesta segunda em Campo Grande, que até novembro, data prevista para a transferência do atendimento SUS do HE (Hospital Evangélico) para o HU, as equipes do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) já estarão atendendo em Dourados.

A estruturação do atendimento de urgência é uma das principais necessidades para que o SUS possa ser concentrado no HU, já que o hospital fica localizado a pelo menos sete quilômetros do centro da cidade.
 
 
 
Diário MS

Deixe seu Comentário

Leia Também

ENCONTRO DE GOVERNADORES
Em encontro de governadores com Bolsonaro, Reinaldo defende fronteira e reajuste da tabela SUS
VIOLENCIA DOMESTICA
Homem é esfaqueado por esposa que tem ciumes até da sombra
ENTROU ATIRANDO
VÍDEO: Pastor é baleado no altar durante o culto
TRAGEDIA
Ex-prefeito é morto pelo pai após ser confundido com assaltante
ACIDENTE DE TRANSITO
Caminhão passa por cima de veículos e explode em grave acidente
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Marilda (Letícia Spiller) é flagrada nua e finge ser uma assombração
BNDS
“Se não abrir a caixa preta do BNDES, está fora!”, diz Bolsonaro sobre Levy
FAMOSIDADES
Susana Vieira está com leucemia, mas a doença está controlado, diz assessoria
NOVELA GLOBAL
Marina Ruy Barbosa é a heroína de 'O sétimo guardião': 'Luz foge do tradicional'
CONSTRANGIMENTO
Claudia Leitte quebra silêncio e desabafa sobre polêmica com Silvio Santos