Menu
SADER_FULL
domingo, 21 de abril de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Sucessão de Puccinelli será disputada por 4 candidatos

1 Jul 2004 - 16h06
Em Campo Grande, o quadro eleitoral ficou definido ontem após o encerramento do prazo para a realização das convenções municipais. Após meses de negociações, encontros e desencontros, a sucessão do prefeito André Puccinelli (PMDB) será disputada por quatro candidatos: os deputados federais Antônio Cruz (PTB) e Vander Loubet (PT) e os estaduais Dagoberto Nogueira Filho (PDT) e Nelsinho Trad (PMDB).
Cruz enfrentou o assédio de vários partidos e também divergências internas, mas conseguiu unir e afinar discursos dos petebistas e vai sair com a chamada chapa pura. O seu vice será o empresário Luis Pedro Guimarães, que é vice-presidente regional do partido. Cruz reafirmou que logo após a Justiça Eleitoral autorizar, o partido vai colocar os “amigos” nas ruas e fazer uma campanha justa e raça.
Já o petista Vander Loubet foi o primeiro a definir sua candidatura através do processo de prévia interna. O partido conseguiu conquistar o apoio do PP, PC do B PAM e PMN. Após acordo entre as lideranças nacionais do PT e do PT, o progressista Flávio Renato Rocha de Lima acabou sendo escolhido como vice de Loubet. O parlamentar destaca que o seu principal diferencial é a proximidade tanto do governo estadual quanto do governo federal, ambos administrados pelo PT.
A escolha do candidato peemedebista passou por um processo de pesquisas qualitativas e quantitativas, envolvendo todas as lideranças do partido. O resultado de tudo isto confirmou o nome de Nelsinho Trad como candidato. O PMDB fechou aliança com o PPS, PSDB, PFL, PV, PRTB, PSC, PT do B e PTC. Os peemedebistas venceram dos desafios: um foi convencer o PFL a se coligar e abrir mão do vice, posto que era “sonhado” pela vereadora Tereza Name; e o outro foi o apoio do PSDB, que havia lançado a candidatura de Oswaldo Possiri, mas ele acabou desistindo e iniciando uma “guerra” no ninho tucano. Após acirradas discussões, Marisa Serrano (PSDB) foi escolhida como a vice de Nelsinho.
O pedetista Dagoberto Nogueira conquistou o apoio de PSB, PL, PSDC, Prona, PTN, PHS, PSL e PRP. O PL desde o início reivindicava a indicação do vice, sendo o presidente regional do partido, Bernardo Elias Lahdo, o escolhido para ocupar o posto. Dagoberto defende como uma terceira via e aposta em um eventual desgaste dos outros candidatos para assumir a lideranças deste processo e chegar com força no segundo turno.
 
Campo Grande News

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - DICA AGÊNCIA ECO TOUR
Confira agora os 5 passeios mais românticos de Bonito (MS)
EM ÁUDIO VAZADO
Em áudio, Onyx diz que governo deu 'uma trava na Petrobras', caminhoneiros podem ficar sossegados
EMOÇÃO E RECOMEÇO
Mãe e filho se reencontram em hospital após desabamento de prédios
ACIDENTE FATAL
Três morrem em explosão provocada por vazamento de botijão de gás
NOVA PARALISAÇÃO
Ala dividida de caminhoneiros falam em greve no próximo dia 29 em todo o Brasil
CAMPO BELO RESORT - PARAÍSO É AQUI
Com noite Árabe e Italiana, PACOTE do dia 03 a 05 de maio já disponível para o Campo Belo Resort
NEGLIGÊNCIA FUNCIONAL
Menino de 12 anos foge de casa, burla esquema de segurança e embarca em avião
DEU RUIM
Vítima reage e mata assaltante que tentava roubar camioneta em Toledo – ASSISTA VÍDEO
PAI MONSTRO
Pai é preso suspeito de estuprar e engravidar a filha de 11 anos
15 METROS DE ALTURA
MILAGRE – Menina de um ano que caiu do 4º andar de prédio não sofreu nenhuma fratura