Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 19 de julho de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Sucessão de Puccinelli será disputada por 4 candidatos

1 Jul 2004 - 16h06
Em Campo Grande, o quadro eleitoral ficou definido ontem após o encerramento do prazo para a realização das convenções municipais. Após meses de negociações, encontros e desencontros, a sucessão do prefeito André Puccinelli (PMDB) será disputada por quatro candidatos: os deputados federais Antônio Cruz (PTB) e Vander Loubet (PT) e os estaduais Dagoberto Nogueira Filho (PDT) e Nelsinho Trad (PMDB).
Cruz enfrentou o assédio de vários partidos e também divergências internas, mas conseguiu unir e afinar discursos dos petebistas e vai sair com a chamada chapa pura. O seu vice será o empresário Luis Pedro Guimarães, que é vice-presidente regional do partido. Cruz reafirmou que logo após a Justiça Eleitoral autorizar, o partido vai colocar os “amigos” nas ruas e fazer uma campanha justa e raça.
Já o petista Vander Loubet foi o primeiro a definir sua candidatura através do processo de prévia interna. O partido conseguiu conquistar o apoio do PP, PC do B PAM e PMN. Após acordo entre as lideranças nacionais do PT e do PT, o progressista Flávio Renato Rocha de Lima acabou sendo escolhido como vice de Loubet. O parlamentar destaca que o seu principal diferencial é a proximidade tanto do governo estadual quanto do governo federal, ambos administrados pelo PT.
A escolha do candidato peemedebista passou por um processo de pesquisas qualitativas e quantitativas, envolvendo todas as lideranças do partido. O resultado de tudo isto confirmou o nome de Nelsinho Trad como candidato. O PMDB fechou aliança com o PPS, PSDB, PFL, PV, PRTB, PSC, PT do B e PTC. Os peemedebistas venceram dos desafios: um foi convencer o PFL a se coligar e abrir mão do vice, posto que era “sonhado” pela vereadora Tereza Name; e o outro foi o apoio do PSDB, que havia lançado a candidatura de Oswaldo Possiri, mas ele acabou desistindo e iniciando uma “guerra” no ninho tucano. Após acirradas discussões, Marisa Serrano (PSDB) foi escolhida como a vice de Nelsinho.
O pedetista Dagoberto Nogueira conquistou o apoio de PSB, PL, PSDC, Prona, PTN, PHS, PSL e PRP. O PL desde o início reivindicava a indicação do vice, sendo o presidente regional do partido, Bernardo Elias Lahdo, o escolhido para ocupar o posto. Dagoberto defende como uma terceira via e aposta em um eventual desgaste dos outros candidatos para assumir a lideranças deste processo e chegar com força no segundo turno.
 
Campo Grande News

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIDA SAUDÁVEL
Homem mais velho do Brasil falece no Rio de Janeiro
BASTA DE IMPRUDÊNCIA
Enlutada pelas mortes, população deixa faixa contra imprudência na PR-082
VIOLENCIA
Motorista atropela manifestantes do MST e mata um idoso
ATENTADO
Saiba quem é a mulher que empurrou padre Marcelo Rossi do palco
ASSALTANTES
Agricultor reage e mata dois ladrões que tentavam assaltar propriedade
ARREPENDEU
Ladrão devolve roupas e pede desculpas em bilhete: “Estava desesperado, não sou disso”
100 SAQUE
Governo quer que funcionário demitido não possa sacar FGTS
NOVELA GLOBAL
Maria da Paz ouve Josiane e Régis transando em 'A dona do pedaço'
SE DEU MAL
Ladrão tenta assaltar caminhoneiro arma de brinquedo e morre ao levar três tiros de verdade
COPA DO BRASIL
Athletico-PR elimina Flamengo nos pênaltis e garante vaga na semi da Copa do Brasil