Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 22 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Substância bloquearia transmissão do HIV para a mulher

15 Out 2004 - 09h59
Cientistas americanos anunciaram nesta quinta-feira um importante avanço na busca por um método de prevenção da aids para mulheres, com uma substância que bloqueia a transmissão do HIV pelo ato sexual. O produto foi usado com sucesso em macacos e, apesar de ainda não ter sido testado em seres humanos, cria uma expectativa promissora de que as mulheres venham a ter um método prático e seguro de proteção anti-aids.

Algo como uma pomada que poderia ser carregada na bolsa, tal como o homem carrega o preservativo na carteira, a substância é a versão fortificada de uma proteína humana, chamada PSC-RANTES. Dentro do trato vaginal, ela se prende às moléculas receptoras que o vírus da aids normalmente utiliza para penetrar nas células. Dessa forma, funciona como uma trava de fechadura, bloqueando a infecção. "O vírus é como um parasita intracelular, que depende de entrar na célula para se replicar", explica o especialista Michael Lederman, autor principal do estudo na Case Western University, em Ohio.

A proteína foi modificada em laboratório para se tornar mais eficiente e garantir maior proteção. "Ela se acopla ao receptor e o vira para dentro da célula, tornando-o indisponível para o vírus." Os testes foram realizados em 30 fêmeas adultas de macacos resus, que foram divididas em grupos e receberam doses diferentes da molécula. Os resultados foram positivos: das cinco macacas tratadas com a dose mais elevada de PSC-RANTES, nenhuma contraiu a doença. A segunda dose mais forte protegeu quatro das cinco fêmeas e a terceira, três das cinco, segundo o estudo publicado na última edição da revista Science.

Lederman deixa claro que, apesar de muito promissores, os resultados ainda precisam ser confirmados em seres humanos, o que levará, no mínimo, mais alguns anos. Ainda assim, não deixa de ser uma esperança para reduzir o avanço da epidemia. A infecção por via sexual é a forma mais comum de transmissão da aids, especialmente em relações heterossexuais.

 

Estadão

Deixe seu Comentário

Leia Também

RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai