Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 17 de outubro de 2018
SADER_FULL
Busca
DR. SHAPE
Brasil

STJ concede habeas corpus a prefeito de Coronel Sapucaia

29 Jun 2004 - 15h31

A Justiça suspendeu há pouco o mandado de prisão temporária expedido contra o prefeito de Coronel Sapucaia, Eurico Mariano. O habeas corpus foi protocolado no dia 22 de junho no STJ (Superior Tribunal de Justiça) pelo advogado Josephino Ujacow, solicitando suspensão da prisão temporária expedida pelo TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) por envolvimento na morte do radialista Samuel Ramón.

Eurico Mariano está sendo acusado de ser o mandante da morte de Ramón, ocorrida no dia 20 de abril. O mandado de prisão temporária foi expedido, mas não foi cumprido. Em declarações anteriores, o advogado Josephino Ujacow disse que o cliente não iria se apresentar, pois a obrigação de encontrar o prefeito era da polícia.

Eurico Mariano foi indiciado pelo código do Processo Penal por crimes contra a pessoa (artigo 121 a 154), crimes contra a vida – homicídio (artigo 121) com agravante de qualificado por premeditação. Ujacow recorreu ao STJ para barrar a prisão, alegando que Eurico Mariano tem bons antecendentes, residência fixa e função conhecida e por isto, não havia justificativa para expedir o mandado de prisão temporária.

O ministro Nilson Naves, da sexta turma, deferiu o pedido, suspendendo o mandado de prisão, até que sejam prestadas informações pela defesa em até dez dias. O MPE (Ministério Público Estadual) tem até cinco dias para contestar as informações. Eurico Mariano agora será obrigado a comparecer a todos os atos do inquérito sob pena de suspensão do habeas corpus.

 

Mídia max News

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO NO JORNALISMO
Morre Gil Gomes, jornalista policial, aos 78 anos, em São Paulo
SELEÇÃO BRASILEIRA
Brasil vence a Argentina com gol de Miranda nos acréscimos e conquista o Superclássico
HORARIO DE VERÃO
Início do horário de verão não será adiado, informa o Planalto
IBOPE PARA PRESIDENTE
Ibope para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 59%; Haddad, 41%
ASSASSINATO
Rapaz agride avós de adolescente que não quis namorar com ele; avó morreu
TRAGEDIA NA RODOVIA
Carro ocupado por sete pessoas se envolve em acidente; cinco morreram
REVOLTANTE
Menina de 11 anos é estuprada por detento ao visitar irmão em presídio
ACIDENTE FATAL
Douradense morre em acidente no RS
REALITY SHOW
A Fazenda 10: Ana Paula é eliminada e se manifesta contra Bolsonaro
FACÇÃO CRIMINOSA
Decapitada por Satã do PCC, jovem morreu por exigir respeito após roubo de chinelo