Menu
SADER_FULL
segunda, 21 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Sindicato Rural Patronal de Vicentina empossa nova diretoria

11 Jun 2007 - 11h03

Com a presença de mais de cem pessoas, aconteceu nesta quarta-feira (6) de Junho, a assembléia de posse da nova diretoria do Sindicato Rural Patronal de Vicentina, que contou tambem com a presença de membros de Sindicatos dos Municípios de Fátima do Sul e Jatei e do Diretor Secretario da FAMASUL, Sr. Dacio Queiroz Silva, que vieram prestigiarem a posse da nova diretoria.

 

Antes da posse oficial, fez abertura dos trabalhos o Presidente eleito, Levi Ferreira Dias, que falou da importância da existência de uma entidade do nível deste Sindicato, pois em um mundo globalizado como estamos vivendo atualmente, todos setores de produção terão de serem organizados, pois aqueles que não o fizerem com certeza ficaram para traz, e quando se trata de produção do setor rural, este sim que precisa de organização, pois é dali que vem o sustento da maioria da população, por isto é que precisa se ter uma organização e o caminho é vias Sindicatos com uma diretoria seria e organizada. Levi falou ainda como foi difícil a criação desta entidade em Vicentina, pois muitos não acreditavam, tanto é que o mesmo ficou com uma diretoria provisória por mais de um ano, ate se organizarem para assim terem condições de realizarem uma assembléia para elegerem uma nova diretoria.

 

A tesouraria do mesmo, através do tesoureiro Julio Milanesi, fez a prestação de contas do ultimo exercício e o Secretario da entidade Sr. Valter Dalla Valla, leu a ata de posse na nova diretoria e declarando empossados com mandatos para os próximos três anos, terminando o mandato em 06 de Junho de 2010.

 

Concedido a palavra ao Diretor Secretario da FAMASUL Sr. Dacio Queiroz Silva, que tambem comentou da importância da organização, de se ter uma entidade organizada, pois assim sendo, quando se necessitam participarem de negociações terão mais forças perante o ato, falou tambem que a Afetosa em nosso estado esta sobre controle, mais que não se deve perder de vista a prevenção, disse ainda que o recadastramento de Armas de fogo de produtores que possuem estas documentadas, inspira-se o prazo no próximo mês, aos que desejam realizarem o referido recadastramento, (matéria publicada em revista de circulação nacional). Finalmente disse o Sr. Dacio que o setor pecuário continua buscando uma política de estabilidade, mais uma estabilidade organizada para poder se estabelecer no setor. Em assim sendo, isto só se consegue atravez das organizações  inclusive para se trazer soluções dos problemas, desde os pequenos aos maiores, incluindo-se os problemas do Pantanal sul-mato-grossense, tem de se ter organização, ate mesmo os tratamentos dos nossos animais terão de serem diferenciados, para se ter uma melhor rentabilidade e nossos produtores terem sempre a perspectiva de um próximo ano melhor nos termos produtivos.

 

A nova diretoria do Sindicato Rural Patronal do Município de Vicentina, assim ficou composta:Pres. Levi Ferreira Dias, Vice Pres. Carlos Gabriel Galego, Secretaria, Cleide O. Dalla Valle, Vice Secretaria: Irene R. Dias Galego Diretor Tesoureiro: Julio Milanezi, Vice Tesoureiro: Ademir Ricci, Cons. Fiscal Antonio Celso Galego, Luiz Carlos Gama e Antonio Raimundo de Andrade. Suplente Cons. Fiscal:Vitório Yudi Sanomia, Izauro Acordi Medeiros e Paulo Henrique de Oliveira, Delegado Valter Dalla Valle e Suplente de Delegado Edson Alves Portugal.

 

 

 

 

Fátima News

Deixe seu Comentário

Leia Também

GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos