Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 19 de abril de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Sete times lutam pelo título do Brasileiro

19 Out 2004 - 07h16
Restando dez rodadas para o término do Campeonato Brasileiro, a disputa pelo título da competição está mais acirrada. Com a redução da diferença de pontos entre Atlético-PR e Santos (passou de três para um) e a escalada do São Paulo, a briga pela taça aumentou.

Segundo o matemático Marcelo Arruda, que faz as projeções em seu site (www.chancedegol.com.br), Atlético-PR e Santos, com chances superiores a 40%, ainda mantêm-se bem à frente dos seus concorrentes. Mas São Paulo, São Caetano, Palmeiras, Goiás e Juventude ainda alimentam boas esperanças de chegar ao título nacional, em dezembro.

O campeonato começou a embolar nas últimas quatro rodadas, com dois tropeços do Atlético-PR e quatro triunfos consecutivos do São Paulo. O time paulista, aliás, é o time com maior crescimento no período.

"Nas últimas rodadas o São Paulo quase triplicou suas chances de título, já que venceu quatro jogos seguidos e aplicou duas goleadas (7 a 0 no Paysandu, no Morumbi, e 5 a 0 no Atlético-MG, em Belo Horizonte)", explica o matemático.

Essa é uma boa receita para quem sonha com o título: ganhar jogos seguidos é fundamental para chegar ao topo da tabela. E como faltam dez rodadas, há chance para todos. Ou pelo menos para quem está do sétimo lugar (Goiás, com 58) pontos para cima.

Do oitavo para baixo, a situação é mais complicada, pois o Corinthians está quatro pontos atrás dos goianos. Mesmo assim, nada é impossível, com 30 pontos em jogo.

Confrontos diretos

A próxima rodada do Brasileiro, que acontece no final de semana, pode embolar de vez a disputa pelo título. Isso porque ocorrerão dois confrontos diretos entre equipes que lutam pela taça ¿ Palmeiras x Atlético-PR, no Parque Antarctica, e São Paulo x Santos, no Morumbi.

Caso Palmeiras e São Paulo somem três pontos nesses jogos, o Brasileiro ficará ainda mais indefinido.

O matemático Marcelo Arruda projetou como ficarão as chances de título caso São Paulo e Palmeiras triunfem no final de semana. Além disso, os cálculos também consideraram vitórias do São Caetano sobre o Fluminense, no ABC, do Goiás sobre o Paysandu, em Belém, e do Juventude em cima do Coritiba, no Paraná.

Segundo essas projeções, que consideraram vitórias de 1 a 0 em todos esses confrontos, o Atlético-PR veria suas chances caírem cinco pontos percentuais (de 46,7% para 41,7%), e o Santos teria queda um pouco maior, passando de 40,7% para 35%. Em compensação, o São Paulo teria o maior aumento: 4,9 pontos percentuais. O time do Morumbi saltaria de 6% para 10,9%. São Caetano, Palmeiras, Goiás e Juventude também subiriam um pouco.

"Esses números levam em conta placares iguais para não haver distorção. Se o São Paulo, por exemplo, ganhar por um placar maior do Santos, digamos 3 a 0, as chances serão maiores", esclarece Arruda.

No entanto, se o Atlético-PR derrotar o Palmeiras e o Santos perder o clássico, o quadro será outro, já que os paranaenses abrirão quatro pontos de vantagem sobre o time alvinegro faltando nove rodadas.

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVA PARALISAÇÃO
Ala dividida de caminhoneiros falam em greve no próximo dia 29 em todo o Brasil
CAMPO BELO RESORT - PARAÍSO É AQUI
Com noite Árabe e Italiana, PACOTE do dia 03 a 05 de maio já disponível para o Campo Belo Resort
NEGLIGÊNCIA FUNCIONAL
Menino de 12 anos foge de casa, burla esquema de segurança e embarca em avião
DEU RUIM
Vítima reage e mata assaltante que tentava roubar camioneta em Toledo – ASSISTA VÍDEO
PAI MONSTRO
Pai é preso suspeito de estuprar e engravidar a filha de 11 anos
15 METROS DE ALTURA
MILAGRE – Menina de um ano que caiu do 4º andar de prédio não sofreu nenhuma fratura
ACIDENTE NA ESCOLA
Criança de 7 anos tem ferimentos graves após trave de futebol cair em sua cabeça em escola
ESTUPRO
Grávida de 20 anos foi estuprada ao pegar carona. Tarado filmou a ação
ACERTO DE CONTAS
Homem é morto a facadas e tem cadeado colocado na boca
POLEMICA
Funcionária de creche chamada de 'vadia' em faixa exposta em praça de MG recebe apoio