MEGA_OKA_CARROS_
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 11 de Dezembro de 2017
DELPHOS_FULL
RIO_DOURADOS
21 de Dezembro de 2004 08h05

Servidores estaduais discutem reajuste da Cassems

 

Às vésperas do natal, os servidores públicos estaduais de Mato Grosso do Sul, podem ganhar um presente nada agradável, o aumento na contribuição para manter o plano de saúde da categoria o reajuste divide a classe entre os que concordam, a expectativa é de pagar mais, mas ter um atendimento médico melhor.

A desculpa é o valor repassado aos médicos. O reajuste seria para cobrir a tabela de procedimentos médicos. Hoje, por consulta, a Cassems paga R$ 25 ao médico, e a proposta é pagar R$ 32.

A proposta é aumentar a contribuição de 3%, para 6% do salário bruto. Isso já somado a mais 3% que o governo estadual repassa a Cassems. Hoje, são 55 mil servidores estaduais que contribuem para a caixa de assistência.

Por mês, a Cassems arrecada algo em torno de R$ 3 milhões. Muitos servidores acham que dobrar a contribuição não se justifica. Segundo eles, sempre que o governo dá algum reajuste ao funcionalismo, aumentar também o que a Cassems recebe.

A professora Maria Ildonei fez as contas e há dois anos pagava R$ 18 por mês a caixa. Mês passado contribuiu com R$ 23,82. Quando ela receber o salário de fevereiro reajustado em 7%, vai contribuir com R$ 56,76.

Diferença que pesa no bolso do servidor. Uma das alternativas do Conselho Administrativo da Caixa é que o governo passe a contribuir com um percentual maior do que 3% para cobrir a diferença e não cobrar tanto dos servidores. O impasse será resolvido amanhã. Uma assembléia vai reunir todos os servidores para votar o aumento.

A assembléia que vai decidir sobre a mudança na contribuição à Cassems está marcada para as 14h, no teatro do colégio Dom Bosco.

 

TV Morena

Comentários
Veja Também
pupa
FÁBRICA_CALÇADOS
LIMIT ACADEMIA_BOTTON
Últimas Notícias
  
LIMIT ACADEMIA_BOTTON
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.