Menu
SADER_FULL
quarta, 14 de novembro de 2018
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Servidores do Incra decidem suspender greve por 15 dias

3 Ago 2007 - 10h21

Em greve desde o dia 21 de maio, os servidores do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) decidiram suspender a paralisação por 15 dias, a partir de segunda-feira.

Segundo o diretor nacional da Cnasi (Confederação Nacional das Associações dos Servidores do Incra), José Vaz Parente, hoje, a partir das 18h30, o Ministério do Planejamento, o Incra e representantes sindicais se reunirão para assinar um termo de compromisso.

Parente afirmou que o termo concede um prazo de 15 dias para que as duas partes --governo e servidores-- construam propostas de reestruturação do plano de cargos e salários. Se não houver acordo, de acordo com o diretor nacional da Cnasi, a greve pode ser retomada pelos servidores.

Os grevistas reivindicam, além da reestruturação do plano de cargos e salários, a contratação de funcionários, a inclusão efetiva da reforma agrária e a retirada do projeto de lei que limita por dez anos os reajustes salariais dos funcionários públicos.

 

Conjuntura Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIOLENCIA DOMESTICA
Homem é esfaqueado por esposa que tem ciumes até da sombra
ENTROU ATIRANDO
VÍDEO: Pastor é baleado no altar durante o culto
TRAGEDIA
Ex-prefeito é morto pelo pai após ser confundido com assaltante
ACIDENTE DE TRANSITO
Caminhão passa por cima de veículos e explode em grave acidente
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Marilda (Letícia Spiller) é flagrada nua e finge ser uma assombração
BNDS
“Se não abrir a caixa preta do BNDES, está fora!”, diz Bolsonaro sobre Levy
FAMOSIDADES
Susana Vieira está com leucemia, mas a doença está controlado, diz assessoria
NOVELA GLOBAL
Marina Ruy Barbosa é a heroína de 'O sétimo guardião': 'Luz foge do tradicional'
CONSTRANGIMENTO
Claudia Leitte quebra silêncio e desabafa sobre polêmica com Silvio Santos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Concursos oferecem mais de 1 mil vagas e salários de até R$ 6,6 mil no MS