Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 16 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Servidores do Ibama voltam ao trabalho nesta terça-feira

26 Out 2004 - 08h42
Os cerca de 6 mil funcionários do Instituto Brasileiro do Meio-Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) voltam ao trabalho nesta terça-feira (26), mas ainda permanecerão em estado de greve por 72 horas, prazo definido para que seja assinado o termo que atende às reivindicações do funcionalismo.

“O comando de greve decidiu encaminhar para as assembléias estaduais o indicativo de suspensão da greve. Ficaremos ainda em estado de greve por três dias, tempo pedido pelo governo para que o termo seja assinado pela ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, o ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Guido Mantega, e a representação dos servidores”, declarou o presidente da Associação de Servidores do Ibama (Asibama), Jonas Corrêa.

De acordo com Jonas Corrêa, “se os ministros não cumprirem com a assinatura desse documento no prazo, os funcionários vão retornar à greve”. Segundo ele, os servidores entendem que em função da importância do trabalho desenvolvido pelos trabalhadores do Ibama no país, o órgão resolveu aceitar a proposta do governo para que os servidores não permaneçam em greve.

“Esperamos que o governo dessa vez cumpra com a palavra. Estamos retomando um acordo que foi assinado no ano passado”.

Os investimentos que necessitavam de licenciamentos ambientais, inclusive aqueles que já estavam em processo de análise, foram prejudicados com a paralisação, que dura cerca de três semanas. Foram comprometidas também a exportação e a importação de produtos de origem florestal, bem como pneus, automóveis e produtos pesqueiros.

Os grevistas querem receber a mesma gratificação paga aos servidores da Agência Nacional de Águas (ANA), além do enquadramento dos aposentados na carreira de Especialista em Meio Ambiente. No caso da gratificação, eles apresentaram a contraproposta que é de antecipar em dois meses o calendário indicado pelo órgão.

O Conselho propôs o pagamento de 35% da gratificação em janeiro de 2006. Os grevistas querem receber 15% em novembro deste ano, 30% em junho de 2005 e os 35% restantes até novembro de 2005.
 
 
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA
“Tentei socorrer ele, mas não deu certo”: conta filho de motociclista levado por enxurrada
FURIA DA NATUREZA
Enxurrada derruba casa e provoca pânico e destruição
NOVELA GLOBAL
Gabriel e Valentina viram inimigos mortais em 'O sétimo guardião'
REALITY SHOW
BBB 19 começa hoje. Na Rocinha Casa de Darnrley vira "QG" de Torcida
POSSE DE ARMAS
Bolsonaro assina nesta terça-feira decreto que facilita posse de armas
HEROINA
Professora Helley, que salvou crianças de incêndio em Janaúba, é homenageada e dá nome a rodovia
FAMOSIDADES
Doente, José Mayer foi esquecido pela Globo e abandonado por ‘Amigos’
NOVA LEI
Motoristas condenados por contrabando vão perder a CNH por cinco anos
SUCATA
Jovem transforma pneus velhos em lindas caminhas para pets.
ENTRETENIMENTO
Com direito a uniforme e crachá, “cão frentista” viraliza e ganha milhares de fãs