Menu
SADER_FULL
terça, 17 de setembro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Servidores do Ibama voltam ao trabalho nesta terça-feira

26 Out 2004 - 08h42
Os cerca de 6 mil funcionários do Instituto Brasileiro do Meio-Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) voltam ao trabalho nesta terça-feira (26), mas ainda permanecerão em estado de greve por 72 horas, prazo definido para que seja assinado o termo que atende às reivindicações do funcionalismo.

“O comando de greve decidiu encaminhar para as assembléias estaduais o indicativo de suspensão da greve. Ficaremos ainda em estado de greve por três dias, tempo pedido pelo governo para que o termo seja assinado pela ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, o ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Guido Mantega, e a representação dos servidores”, declarou o presidente da Associação de Servidores do Ibama (Asibama), Jonas Corrêa.

De acordo com Jonas Corrêa, “se os ministros não cumprirem com a assinatura desse documento no prazo, os funcionários vão retornar à greve”. Segundo ele, os servidores entendem que em função da importância do trabalho desenvolvido pelos trabalhadores do Ibama no país, o órgão resolveu aceitar a proposta do governo para que os servidores não permaneçam em greve.

“Esperamos que o governo dessa vez cumpra com a palavra. Estamos retomando um acordo que foi assinado no ano passado”.

Os investimentos que necessitavam de licenciamentos ambientais, inclusive aqueles que já estavam em processo de análise, foram prejudicados com a paralisação, que dura cerca de três semanas. Foram comprometidas também a exportação e a importação de produtos de origem florestal, bem como pneus, automóveis e produtos pesqueiros.

Os grevistas querem receber a mesma gratificação paga aos servidores da Agência Nacional de Águas (ANA), além do enquadramento dos aposentados na carreira de Especialista em Meio Ambiente. No caso da gratificação, eles apresentaram a contraproposta que é de antecipar em dois meses o calendário indicado pelo órgão.

O Conselho propôs o pagamento de 35% da gratificação em janeiro de 2006. Os grevistas querem receber 15% em novembro deste ano, 30% em junho de 2005 e os 35% restantes até novembro de 2005.
 
 
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVELA GLOBAL
Em 'A dona do pedaço', Régis se aproxima de Maria da Paz, que fica mexida com ex
ALTOS HONORÁRIOS
Advogados cobram R$ 4,4 milhões de Viúva da Mega-Sena em honorários na Justiça
TRAGEDIA
Pai tenta salvar filho em incêndio, mas os dois morrem
MUNDO MEDONHO
'Pago boleto, compro calcinha': usuários de aplicativos de paquera relatam apuros e curiosidades
FAMOSIDADES
Belo sai de casa após flagrar traição de Gracyanne
ASSASSINATO
PM é torturado e morto após circular boato de que seria 'estuprador'
JULGAMENTO
PMs acusados de chacina taparam câmera de segurança antes do crime
CASO DE POLÍCIA
Catador de reciclável recebe mochila com bebê congelado dentro
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo morre após carro bater em árvore em rodovia de MS
FAMOSOS
David Brazil causa ao expor bumbum de Anitta sem ela saber