Menu
SADER_FULL
terça, 19 de março de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Servidores da UFMS avaliam amanhã proposta de acordo

24 Ago 2004 - 10h44
Os servidores técnico-administrativos da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul podem aceitar o acordo proposto pelo governo federal. Depois de dois meses de greve, os servidores estão próximos de fechar um acordo com o governo federal e por fim ao movimento grevista. Segundo o coordenador da Federação dos Sindicatos dos Trabalhadores em Educação das Universidades Brasileiras (Fasubra), Edvaldo Rosas, a recomendação do comando de greve foi de aceitar a proposta.

Agora, os servidores farão assembléias estaduais para definir a posição local. A assembléia em Campo Grande será nesta quarta-feira, às 8h na UFMS.

Na proposta do governo foram incorporadas duas gratificações que os servidores devem receber no vencimento, a partir de março de 2005. Com isso, todos os servidores passam à nova carreira e ao novo vencimento, com a nova tabela, a partir de março do próximo ano. A partir de janeiro, também de 2005, eleva essa nova tabela em torno de 20 a 25%.

A proposta antecipa de julho para março de 2005 o pagamento do piso salarial de R$ 701,98 – hoje o piso é de R$ 492,00 – e cria um degrau de 3% entre os diversos padrões que constituem o plano de carreira.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSÉDIO SEXUAL
Homem é morto a tiros após assediar mulher casada
FATALIDADE
Mulher morre ao cair de pé de abacate e bater cabeça na linha do trem
MANIACO SEXUAL
Pai flagra estupro da filha dentro de casa usando o celular, suspeito foi preso
FAMOSIDADES
Quem era Bettina antes do R$ 1 Milhão: Ela foi professora de balé, modelo e panfleteira
MENTOR DO MASSACRE
Polícia de Suzano apreende menor suspeito de planejar ataque
INTERNADO
Criança de 4 anos cai em poço de cinco metros de profundidade
RESGATADO
Cão abandonado em ilha estava sendo comido vivo por urubus
SEXTUPLOS
Americana dá à luz seis bebês em nove minutos
TRAGÉDIA EVITADA
Garoto de 11 anos leva faca na mochila para matar colega no ônibus escolar
ALERTA AOS PAIS
Menino de quatro anos corta os pulsos em Goioerê e pode ser influência da Momo