Menu
LIMIT ACADEMIA
sábado, 15 de dezembro de 2018
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Servidores administrativos da PF podem fazer nova paralisão

2 Mai 2007 - 16h48

Servidores do setor administrativo da Polícia Federal aguardam para o final da tarde de hoje (02) decisão do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) para pedido de antecipação da audiência marcada para o dia 17 desse mês. Caso a antecipação não ocorra, uma paralisação geral está marcada para os dias 7 e 8 de maio em todo país, de acordo com a presidente do Sindicato Nacional dos Servidores do Plano Especial de Cargos da Polícia Federal (Sinpec-PF), Hélia Cassemiro.

O protesto é pela reestruturação do Plano Especial de Cargos (PEC). De acordo com o sindicato, entre os problemas enfrentados pela categoria está o aumento da terceirização e o desvio de função.

"Nós gostaríamos de antecipar a data do dia 17 pela urgência em discutir a organização da atividade meio da Polícia Federal. Enquanto isso não acontece, a terceirização se alastra, há desvio de função e o policial passa a fazer a nossa função administrativa e isso culmina num gasto muito maior para a União”, explica a presidente do Sinpec.

Hélia Cassemiro acredita que com a organização da atividade meio e com a reestruturação o governo irá economizar, “repercutindo” no contribuinte um serviço mais ágil. Hoje, são 3,5 mil servidores exercendo atividades administrativas e mais de 2 mil terceirizados. Segundo a sindicalista, o último concurso ocorreu em 2004 e apenas 1.832 servidores foram aprovados, não cobrindo o número de funcionários terceirizados, principalmente nos estados.

“Pedimos ao governo que agilize o reinício dos trabalhos, porque desde 2005 nós estamos pedindo essa reestruturação. O plano foi criado sem cargos próprios, sem tabela de vencimentos própria e desses 1.832 concursados mais de 500 servidores já foram para outros órgãos com carreira organizada e estruturada.”

 

 

Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE
Criança de dois anos se enforca com a alça da bolsa enquanto brincava em escola
CASO JOÃO DE DEUS
Marina Ruy Barbosa intervém no caso João de Deus e impede uma grande tragédia
PRISÃO DECRETADA
Justiça de Goiás decreta prisão de João de Deus
STARTUPS NO BRASIL JÁ É SUCESSO
O sucesso das startups no Brasil e algumas novas apostas no mercado
REVOLTANTE
Filha de João de Deus diz que foi abusada dos 10 aos 14 anos: 'Meu pai é um monstro'
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Robério beija Marcos Paulo e a agride ao descobrir que ela é trans
DESTAQUE MUNDIAL
Dois brasileiros estão no Top 50: melhores professores do mundo
JUSTIÇA - WHATSAPP
Administradora de grupo no WhatsApp, foi “condenada” á pagar 3 mil por discussão de membros
DICAS DE SERVIÇO DE HOSPEDAGEM NA WEB
Vai criar um blog ou um site?, saiba aqui tudo sobre o serviço de hospedagem
ALERTA NA NET
Golpe no WhatsApp engana usuários ao prometer brindes falsos de Natal