Menu
SADER_FULL
sexta, 22 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CONTAINER
Brasil

Servidor do TJ-MS é demitido "a bem do serviço público"

22 Jun 2010 - 17h14Por Mídia Max

O servidor do TJ-MS (Tribunal de Justiça) de Mato Grosso do Sul, Alex Armoa Teixeira, 33, foi punido pelo mais severo rigor trabalhista: demitido a bem do serviço público. A punição será publicada nesta quarta-feira no Diário da Justiça. Armoa, que ocupava cargo importante já havia sido afastado por envolvimento num esquema que teria desviado algo torno de meio milhão de reais dos cofres da corte.

Investigação conduzida pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) revelou que Armoa desviava parte do dinheiro que deveria quitar os salários de conciliadores e juízes leigos. A trama, segundo a apuração durou de 2002 a 2007. O servidor envolveu no esquema a mãe, o pai e um cunhado, indiciados por formação de quadrilha e peculato.

Para desviar o recurso, o servidor demitido criava nomes de juízes e conciliadores que nunca atuaram no Poder Judiciário. Em outubro passado, o Gaeco pediu a prisão do servidor, mas a TJ-MS negou. A quebra de sigilo bancário do acusado ajudou a desmontar a quadrilha. A demissão a bem do serviço público só é posta em prática quando o serviço investigado recorre e, ainda assim, é tido como culpado por determinado crime. O processo contra o servidor corre em sigilo judicial.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Aposentadoria é para viver, não para receber só à beira da morte
CHANTAGEM
Ladrões invadem estabelecimentos, obrigam funcionárias a tirarem a roupa, filmam e extorquem vítimas
FORAGIDO
Atirador invade escritório de advocacia e mata duas pessoas
BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'