Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 24 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Serra lança em Curitiba carta de compromissos para a área da saúde

6 Jul 2010 - 14h59Por Agência Brasil
O candidato à Presidência da República pela coligação “O Brasil Pode Mais”, formada pelo PSDB, DEM, PPS, PTB e PT do B, José Serra, escolheu Curitiba, capital do Paraná, para lançar hoje (6) uma carta de compromissos para a área de saúde. A ideia central do programa é dar uma assistência especial às gestantes e acabar com as longas filas para marcação de consultas e exames médicos. “Vamos reacelerar a área de saúde no país”, afirmou.

 

Para as grávidas, Serra propõe o projeto Mãe Brasileira, baseado em um programa semelhante já em funcionamento em Curitiba. O objetivo é garantir às gestantes condições para que façam, pelo menos, seis exames médicos antes e depois do parto. Além disso estão previstos mutirões de atendimento médico para evitar filas de espera por exames e consultas.

 

Segundo Serra, serão construídos mais 250 laboratórios no país e policlínicas nos principais centros urbanos para 25 especialidades diferentes. O programa na área de saúde é o principal ponto da chamada “Carta Social” apresentada hoje pelo candidato. Ele afirmou que houve confusão com o nome do documento elaborado pela equipe dele.

 

Ontem (5), Serra descartou semelhanças entre o documento elaborado por ele e a “Carta aos Brasileiros”, de 2002, quando o então candidato e hoje presidente Luiz Inácio Lula da Silva expôs uma série de pontos de vista sobre questões nacionais e internacionais.

 

Aliados políticos de Serra afirmam que a escolha da capital paranaense para lançamento da proposta tem vários significados. Um deles é tentar reduzir o mal-estar criado pela rejeição do Democratas ao nome do senador Álvaro Dias (PSDB-PR) como eventual vice de Serra.

 

A agenda de Serra em Curitiba incluiu uma caminhada na região da Boca Maldita – área tradicionalmente destinada a manifestações -, na Rua XV, com direito a uma passagem por uma loja de calçados. Também está prevista a ida à sede da Pastoral da Criança – obra de ajuda humanitária idealizada por Zilda Arns, morta no terremoto ocorrido no Haiti, em janeiro deste ano.

 

Serra planeja ainda vistoriar obras de assistência social e de construção de escolas em uma região carente de Curitiba. Também quer visitar casas populares, no bairro do Parolin, que foi reurbanizado. O candidato marcou para o final da tarde um encontro com catadores de papel e encerrará a passagem por Curitiba em um clube da cidade.

 

Serra e o seu candidato a vice, o deputado Índio da Costa (DEM-RJ), registraram ontem (5) os pedidos de candidatura no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Eles calculam gastar R$ 180 milhões em despesas de campanha. Serra informou ter um patrimônio de R$ 1 milhão e 421 mil, enquanto Índio afirmou dispor de R$ 1 milhão e 448 mil.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BBB 19
Vanderson é eliminado e vai prestar depoimentos sobre casos de agressão
INVESTIGAÇÃO
Mourão volta a dizer que é preciso investigar Flávio Bolsonaro e punir se for o caso
HEROI
Porteiro ganha homenagem: salvou criança de 3 anos que caiu na piscina (VIDEO)
FAMOSIDADES
Aos 67 anos, Amado Batista assume namoro com jovem de 19 anos de idade
LUTO - TV
Ator Caio Junqueira morre no Rio uma semana após acidente
ANJO DA GUARDA
Amigo dá lar a mulher que viveu 40 anos internada no HC
MAMATA
General corta contratinho de R$ 30 milhões para manter jornalistas no exterior
PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes